Samurai X: Novo anime de Rurouni Kenshin é anunciado!

Samurai X: Novo anime de Rurouni Kenshin é anunciado!

O clássico mangá de Rurouni Kenshin, conhecido no Ocidente como Samurai X, receberá uma nova adaptação em anime. Projeto será produzido pelo Liden Films, responsável por Tokyo Revengers.

Anunciado pela Shueisha durante o Jump Festa 2022, o novo anime de Samurai X será produzido pela Liden Films, porém, ainda não está claro se o anime será uma série ou um filme.

Junto ao anúncio veio um breve teaser, que mostra aos fãs o que esperar em termos de ilustração e um pouco da animação. O vídeo mostra apenas Kenshin de lado e, com o vento, o cabelo dele é levantado, revelando a icônica cicatriz em formato de “X” na bochecha. Em seguida, ele tira a katana da bainha e, então, vemos o olhar não-tão-sanguinário do ex-assassino.

Assista ao teaser trailer do novo Samurai X abaixo:

Nenhum outro detalhe sobre a obra foi revelada. Não se sabe se essa será uma releitura da história original de Rurouni Kenshin ou um novo arco, tampouco a data de estreia da produção.

O que é Samurai X?

Samurai X, ou Rurouni Kenshin, é um mangá escrito por Nobuhiko Watsuki, que conta a história de Kenshin Himura, um ex-assassino da revolução Meiji, que anda pelo Japão em busca de redenção após jurar nunca mais usar a espada para matar.

Himura busca uma vida tranquila ao lado de novos amigos, mas ameaças do passado de Battosai, ou retalhador, retornam para o assombrar.

Samurai X foi lançado originalmente pela Weekly Shonen Jump em 1994 e recebeu uma adaptação para anime de 95 episódios em 1996. No Brasil, o anime foi transmitido pelas emissores Rede Globo, Cartoon Network e Animax. Em 2016, a franquia ganhou um spin-off com dois capítulos. A obra também foi adaptada em filmes live-action, que no Brasil, podem ser assistidos no Prime Video e Netflix.

Polêmicas com o autor

Em 2017, o autor e criador de Samurai X, Nobuhiko Watsuki, foi preso por posse de pornografia infantil, no Japão. No escritório e na casa de Watsuki em Tóquio, foram encontrados DVDs com vídeos de meninas de menos de 15 anos. A polícia descobriu as filmagens enquanto investigava outro caso, e as evidências apontam que o artista comprou o material naquele ano. Ele ainda teria confirmado às autoridades que “gosta de estudantes do ensino fundamental e médio”.

Total de 128 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?