“Não saberia por onde começar”, diz Soderbergh sobre falta de sexo em filmes de heróis

“Não saberia por onde começar”, diz Soderbergh sobre falta de sexo em filmes de heróis

Cineasta comentou por que nunca dirigiu filmes de grandes franquias. Em entrevista ao The Daily Beast, Steven Soderbergh comentou a falta de sexo em filmes blockbusters, especialmente de super-heróis.

Questionado se já foi convidado para comandar uma produção em uma grande franquia, o diretor afirmou que não, mas revelou que não desmerece o gênero:

“Não, realmente. Mas eu não sou esnobe. Não acho que esses filmes são inferiores. Realmente é sobre qual universo você ocupa como um contador de histórias. Eu sou muito ‘pé no chão’ para me relacionar com um universo em que a física newtoniana não existe *risos*. Eu não tenho muita imaginação em relação a isso. É por isso que minha única incursão na ficção científica (Solaris, 2002) é essencialmente um drama de personagem que acontece em uma nave. Em vários destes filmes, para que eu consiga entender como escrever ou supervisionar a escrita da história e dos personagens – além do fato de que eu posso dobrar o tempo, desafiar a gravidade e disparar raios pelos dedos – não tem sexo! Ninguém faz sexo. Sabe, eu não sei como dizer às pessoas como elas devem se comportar em um mundo em que isso não existe.”

Soderbergh completou que tais produções também não focam em outros problemas reais, como “quem está pagando essas pessoas? Para quem elas trabalham? Como surgiu esse trabalho?”.

“Se as pessoas querem experimentar esses universos, tudo bem. Como cineasta, eu não saberia por onde começar.”

Total de 92 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?