O Mundo Perdido – Arthur Conan Doyle

O Mundo Perdido – Arthur Conan Doyle

 

 

Sinopse

O jovem jornalista Ed Malone não tem ideia do que encontrará nesta viagem exploratória a qual acaba de se candidatar: ir até os confins da América do Sul, junto com um estudioso e um caçador para comprovar a veracidade da teoria do excêntrico professor Challenger – que afirma ter encontrado criaturas pré-históricas criaturas nessas terras longínquas. Será?

Autor : Arthur Conan Doyle.

 

Arthur Ignatius Conan Doyle. Nasceu em Edimburgo, 22 de maio de 1859. Faleceu em Crowborough, 7 de julho de 1930). Arthur Ignatius Conan Doyle foi um escritor e médico escocês, mundialmente famoso por suas 60 histórias sobre o detetive Sherlock Holmes, consideradas uma grande inovação no campo da literatura criminal.Foi um renomado e prolífico escritor cujos trabalhos incluem histórias de ficção científica, novelas históricas, peças e romances, poesias e obras de não-ficção.

Sem dúvidas, suas obras influenciaram e ainda influência o mundo da literatura e áudio visual.

Herói de Guerra.

Em 9 de agosto de 1902 Arthur Conan Doyle foi nomeado cavaleiro pela sua importante participação na Guerra Boer. Trabalhou na linha de frente da batalha como cirurgião, e foi elogiado pelos compatriotas pela coragem e determinação na prestação de socorro.

Regressando à Inglaterra escreveu um livro escolar com o título “A Grande Guerra Boer” (1900).

Estátua de Arthur Conan Doyle em Crowborough, East Sussex.

Adaptação cinematográfica: The Lost World.

Início do século 20 aventureiros encontram-se lutando pela sobrevivência depois que seu balão de ar quente cai em uma parte remota da Amazônia, encalhando-os em um patamar pré-histórico.
Com o balão danificado e sem a mínima ideia de como sair desse local e voltar para o mundo civilizado novamente, vivem a cada dia uma aventura no platô, que passam a incluir abelhas gigantescas, vampiros em mansões vitorianas abandonadas, escandinavos bárbaros perdidos nesta terra, turistas dos tempos modernos que acabam atravessando uma espécie de túnel do tempo e vão parar no platô, um império comandado por homens lagartos, todos os tipos de magia, entre muitas outras aventuras.
Episódio final: 13 de maio de 2002
Número de temporadas: 3
Adaptação de: O Mundo Perdido
Elenco: Peter McCauley; Michael Sinelnikoff; Rachel Blakely; William Snow; David Orth; Jennifer O’Dell
Baseado em: The Lost World de Arthur Conan Doyle
Emissora original: TNT (1999-2002)

Vamos ao livro e o que achei da narrativa : O mundo Perdido.

Devo dizer que foi uma maravilhosa leitura. Do inicio ao fim ao estilo narração dos viagens do século XVIII e XIX. Muito empolgante e frenético. Senti falta dos dois personagens que a série possuí. Todas as criaturas presente no livro existem na serie mais bem trabalhado. No entanto, o livro é indispensável para entender majoritariamente todo o universo do: The Lost World. Fiquei satisfeito e recomendo a todos essa leitura. Principalmente para aqueles que, como eu, apenas assistiu a série de tevê. Será prazeroso ver os velhos e astutos professores em embates científicos enquanto olhavam na cara da morte monstruosa e se punham a analisar. O caçador bravo e corajoso, sempre com um plano mirabolante para salvar o grupo. E nosso jornalista rompendo seus limites para saciar sua curiosidade.

Frases do autor:

Quando você elimina o impossível, o que restar, não importa o quão improvável, deve ser a verdade.

É um erro terrível teorizar antes de termos informação.

Por muito tempo tem sido um dos meus axiomas que as pequenas coisas são infinitamente mais importantes.

Há uma luz nos olhos das mulheres que fala mais alto que as palavras.

Se não houver recompensa após a morte, então o mundo é apenas uma brincadeira cruel.

É um grave erro alimentar idéias preconcebidas, pois, insensivelmente, a pessoa procura torcer os fatos a fim de adaptá-los às próprias teorias.

Um cachorro reflete a vida da família. Quem já viu um cachorro alegre numa família triste? Ou um triste numa família feliz? Pessoas violentas têm cachorros violentos, pessoas perigosas possuem cachorros perigosos. E as variações de humor dos animais podem refletir as variações de humor dos donos.

Dentro de cada um há um Sherlock Holmes espreitando, que acredita que se tiver em mãos o volume certo de pistas será capaz de resolver um mistério.

 

 

 

 

@kleberinaciodasilva

Total de 253 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?