IA vai restaurar artefatos históricos danificados pela erupção do Monte Vesúvio

IA vai restaurar artefatos históricos danificados pela erupção do Monte Vesúvio

Um novo projeto do Parque Arqueológico de Pompeia vai utilizar robôs, scanners e tecnologia
em 3D para a restauração de artefatos danificados pelo desastre do Vesúvio, que aconteceu
no ano 79 depois de Cristo.

Há muitos anos, pesquisadores do mundo todo procuram recuperar objetos da época, numa
tentativa de reconstruir o patrimônio material local. Agora, com os avanços tecnológicos da
robótica e da Inteligência Artificial, esse processo tem ganhado um novo fôlego.

Chamado de RePAIR, o projeto é liderado pela Universidade Ca’Foscari de Veneza em parceria
com entidades de pesquisa da Alemanha, Israel, Portugal e de outras regiões da Itália.

Milhares de fragmentos vão ser analisados com o auxílio de uma infraestrutura robótica,
composta por braços mecânicos que vão auxiliar a posicionar as peças, e depois fazer a
identificação por meio de um sistema de digitalização em 3D, com isso, vai ser possível saber o
local exato onde cada uma delas deve se encaixar.

Segundo cientistas envolvidos no projeto, esse processo quase não causa danos as peças, o
que geralmente acontecia quando elas eram manipuladas pelos técnico. É realmente um
trabalho delicado, imagine montar um quebra cabeças com peças em 3 dimensões, e que
ainda podem se esfarelar com o toque!

Total de 37 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?