Halo: Co-criador do game critica série da Paramount+

Halo: Co-criador do game critica série da Paramount+

Além dos fãs, o criador de Halo também tem reclamações sobre a série!

A série live-action de Halo, baseada na renomada franquia de jogos eletrônicos, estreou há pouco menos de um mês, em 27 de maio, e coleciona opiniões controversas desde então. Não é segredo que alguns fãs tiveram críticas à produção, mas aparentemente o próprio co-criador do game também não curtiu muito a experiência.

Algumas ações de Master Chief foram responsáveis pela revolta dos fãs, que alegaram não ter muito a ver com o personagem original. O caminho seguido pelo enredo também foi bem criticado.

Marcus Lehto, o co-criador da franquia Halo, revelou no Twitter a opinião pessoal acerca da série da Paramount+. Ele confessa que não entendeu de onde veio a inspiração para a série, porém que, de qualquer forma, onde quer que essa inspiração tenha sido encontrada, “não foi o Halo que ele fez”.

O comentário de Lehto foi uma resposta a um Tweet que discutia as referências da série. “Esse é o meu problema, (a série) não é Halo para mim. Há algumas coisas a serem incluídas, mas há coisas que são demais, que tiram a essência e afastam (a série) do coração da franquia/jogo. Imagino o que @game_fabricator (Marcus Lehto) pensa… Rs”, indagou o usuário da rede social.

É válido lembrar que a série de Halo é baseada no cânone, no entanto não acontece na linha do tempo dos games e sim em uma linha inédita, chamada “Silver Timeline” ou “Linha do Tempo Prateada” (tradução livre).

De qualquer forma, a série de TV de Halo foi renovada para a segunda temporada. A confirmação veio antes mesmo da estreia da primeira.

Halo traz Pablo Schreiber como Master Chief e Natascha McElhone como a Dra. Halsey. A série está disponível para assistir no Paramount+.

Total de 41 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?