5 livros de ficção científica que viraram séries

5 livros de ficção científica que viraram séries

Olá, internautas! Venho por meio desta matéria trazer mais uma vez livros que chegaram nas telinhas. Ganharam adaptações cinematográficas incríveis. Mas hoje vamos falar de séries. Bom, já sei que amam passar horas conhecendo novos universos no conforto de sua casas.  Sem dúvidas, o gênero mais atraente da literatura é ficção cientifica. A literatura das ideias. Vocês não podem perder essas dicas, preparem-se, amarrem-se na poltrona para decolar no incrível mundo chamado: Ficção cientifica.

Se trata de uma pequena lista com cinco livros que tem seu brilho no audiovisual. Deixo claro que não é um ranking. As escolhas partiram do meu gosto pessoal. Espero que gostem. Se ainda não tinham visto nenhum citado ou não leram, corram que ainda da tempo. Sem mais enrolação, vamos aos honoráveis livros.

 

1 – Under the Dome

 

Em Sob a redoma, em um dia como outro qualquer em Chester’s Mill, no Maine, a pequena cidade é subitamente isolada do resto do mundo por um campo de força invisível. Aviões explodem quando tentam atravessá-lo e pessoas trabalhando em cidades vizinhas são separadas de suas famílias. Ninguém consegue entender o que é essa barreira, de onde ela veio e quando – ou se – ela irá desaparecer. Os moradores de Chester’s Mill percebem que terão de lutar por sua sobrevivência. Pessoas morrem e aparelhos eletrônicos entram em pane ao se aproximar da redoma, e a questão só se agrava quando a cidade se vê exposta às graves consequências ecológicas da barreira. Para piorar a situação, James “Big Jim” Rennie, político dissimulado e um dos três membros do conselho executivo da cidade, usa a redoma como um meio de dominar a cidade. Enquanto isso, o veterano da guerra do Iraque isolado na cidade, Dale Barbara, é reincorporado ao serviço militar e promovido à posição de coronel. Big Jim, insatisfeito com a perda de autoridade que tal manobra pode significar, encoraja um sentimento local de pânico para aumentar seu poder de influência. O veterano se une a um grupo de moradores para manter a situação sob controle e impedir que o caos se instaure. Junto a ele estão a proprietária do jornal local, uma enfermeira, uma vereadora e três crianças destemidas. No entanto, Big Jim está disposto até a matar para continuar no poder, apoiado por seu filho, que guarda um segredo a sete chaves. Mas os efeitos da redoma e das manobras políticas de Jim Rennie não são as únicas preocupações dos habitantes. O isolamento expõe os medos e as ambições de cada um, até os sentimentos mais reprimidos. Assim, enquanto correm contra o pouco tempo que têm para descobrir a origem da redoma e uma forma de desfazê-la, ainda terão de combater a crueldade humana em sua forma mais primitiva.

 

http://https://www.youtube.com/watch?v=f_Y5YeYrqUk

 

 

2 – O Mundo Perdido

 

Mistura de especulação científica, viagem no tempo e crônica de peripécias, a obra projeta sua influência sobre livros, filmes e quadrinhos. Liderada pelo professor Challenger, um paleontólogo excêntrico e carismático, uma expedição científica parte de Londres para explorar um território longínquo da Selva Amazônica, congelado desde o tempo em que os dinossauros vagavam sobre a Terra. Aparentemente impossível de penetrar, esse mundo perdido apresenta diversos perigos para os quatro membros do grupo, de homens-macaco selvagens a terríveis criaturas pré-históricas. Obra precursora de todos os livros e filmes sobre os dinossauros, o romance de Arthur Conan Doyle – o criador do célebre detetive Sherlock Holmes – foi lançado em 1912, mas permanece um irresistível clássico para todas as idades.

 

 

 

http://https://www.youtube.com/watch?v=rj-p-Xw-Dbo&t=39s

3 – Admirável Mundo Novo

 

Um clássico moderno, o romance distópico de Aldous Huxley é incontornável para quem procura um dos exemplos mais marcantes da tematização de estados autoritários, ao lado de 1984, de George Orwell.

Ele mostra uma sociedade inteiramente organizada segundo princípios científicos, na qual a mera menção das antiquadas palavras “pai” e “mãe” produzem repugnância. Um mundo de pessoas programadas em laboratório, e adestradas para cumprir seu papel numa sociedade de castas biologicamente definidas já no nascimento. Um mundo no qual a literatura, a música e o cinema só têm a função de solidificar o espírito de conformismo. Um universo que louva o avanço da técnica, a linha de montagem, a produção em série, a uniformidade, e que idolatra Henry Ford. Essa é a visão desenvolvida no clarividente romance Huxley.

Ao lado de 1984, que criticava acidamente os governos totalitários de esquerda e de direita, o terror do stalinismo e a barbárie do nazifascismo, em Huxley o objeto é a sociedade capitalista, industrial e tecnológica, na qual a racionalidade se tornou a nova religião, a ciência é o novo ídolo, um mundo no qual a experiência do sujeito não parece mais fazer nenhum sentido, e no qual a obra de Shakespeare adquire tons revolucionários.

Entretanto, o moderno clássico de Huxley não é um mero exercício de futurismo ou de ficção científica. Trata-se, o que é mais grave, de um olhar agudo acerca das potencialidades autoritárias do próprio mundo em que vivemos. Como um alerta de que, ao não se preservarem os valores da civilização humanista, o que nos aguarda não é o róseo paraíso iluminista da liberdade, mas os grilhões de um admirável mundo novo.

http://https://www.youtube.com/watch?v=0C2tv_uqNAc

 

4 – Pines, de Blake Crouch

 

O agente secreto americano Ethan Burke chega à aparentemente pacata cidade de Wayward Pines, em Idaho, Estados Unidos, com a missão de descobrir o que ocorreu com dois de seus colegas, que sumiram sem deixar rastro. Mas, ao chegar, Burke se envolve em um violento acidente de carro e acorda, dias depois, em um hospital da cidade sem sua carteira, seu celular e a pasta que continha os papéis secretos que o levaram até a região. Sem nenhum documento que confirme sua identidade, o agente não convence os moradores da cidade de que é quem diz ser. Para piorar a situação, ele não consegue contatar sua mulher e filho. Rapidamente, Burke percebe que nem tudo é o que parece ser em Wayward Pines e que o cenário bucólico do lugar esconde algo sinistro. A fértil imaginação do autor best-seller Blake Crouch é a responsável por essa instigante história que virou série de TV do canal por assinatura Fox,produzida e dirigida pelo cultuado cineasta M. Night Shyamalan (diretor de Sexto Sentido, entre outros sucessos de Hollywood) e estrelada por Matt Dillon,Melissa Leo, Terrence Howard e Juliette Lewis.

http://https://www.youtube.com/watch?v=XpYLRW2LPVs

5 – The 100

 

 

Desde a terrível guerra nuclear que assolou a Terra, a humanidade passou a viver em espaçonaves a milhares de quilômetros de seu planeta natal. Mas com uma população em crescimento e recursos se tornando escassos, governantes sabem que devem encontrar uma solução. Cem delinquentes juvenis — considerados gastos inúteis para a sociedade restrita — serão mandados em uma missão extremamente perigosa: recolonizar a Terra. Essa poderá ser a segunda chance da vida deles… ou uma missão suicida.
. The 100 é livro de estreia da autora

 

 

 

 

 

http://https://www.youtube.com/watch?v=aDrsItJ_HU4

 

 

 

Existem ainda inúmeros livros que ganharam o brilho na tela do cinema. Nas próximas matérias vou trazer mais. Já participei de muitas discussões sobre como o livro é sempre melhor que o filme. Eu concordo com essa frase, mas não torno uma regra, uma coisa é certa: Quando estamos lendo um livro, nossa atenção é muito maior aos detalhes e criamos na nossa própria cabeça diversos momentos que muitas vezes têm que ser cortados na hora da adaptação cinematográfica.

Uma diferença entre filmes baseados em livros e séries, é que os filmes nem sempre conseguem explorar a história com a mesma riqueza que uma série executa. Não importa a ordem que você aborde o universo, lendo o livro primeiro ou curtindo a série depois, é incrível para ver os detalhes e a interpretação do livro nas telas. O livro sempre vai carregar elementos primordiais.

 

Já assistiu a série e nem sabia do livro?

Já leu o livro e nem sabia da série?

 

 

Kleber I. Silva

Trabalhos

 

Total de 1,628 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?