Vida extraterrestre: cientistas querem mais dados sobre OVNIs do governo dos EUA

Vida extraterrestre: cientistas querem mais dados sobre OVNIs do governo dos EUA

Depois da afirmação de que existe vida extraterrestre em algum local do espaço sideral, proferida pelo político, astronauta e o principal líder da Nasa, Bill Nelson, cientistas querem agora que o Pentágono divulgue os polêmicos relatórios inconclusivos que nunca foram devidamente apresentados à sociedade mundial sobre a possível presença de OVNI’s. O grupo é liderado pelo astrobiólogo Abel Mendez, diretor do Laboratório de Habitabilidade Planetária da Universidade de Porto Rico.

A pressão também cobra das agências de inteligência um esforço concentrado em busca de uma maior transparência nas informações sobre alienígenas existentes em outros planetas ou galáxias.

Autoridades científicas focam ainda nos fenômenos aéreos inexplicáveis, e exigem a cooperação das agências de inteligência e dos militares, para retirar o sigilo nas informações que há tantos anos geram dúvidas, e até teorias da conspiração sem um devido olhar científico.

Enquanto isso, a Nasa lançou um novo guia de perguntas e respostas onde aborda inúmeros questionamentos relacionados aos objetos voadores não identificados.

A divulgação do material é, provavelmente, uma forma de acalmar os ânimos sobre o assunto após o relatório nada surpreendente que foi divulgado pelo Pentágono em 25 de junho de 2021, a entidade ligada ao Departamento de Defesa dos Estados Unidos listou, publicamente, 144 instâncias onde foram observados os tais “fenômenos aéreos”, mas sem admitir que eles representassem vida extraterrestre, afirmando apenas que eles merecem maiores investigações.

Segundo o órgão, porém, a maior preocupação não é uma invasão alienígena, mas algum avanço tecnológico militar de outros países que tenha passado despercebido pelos norte-americanos. Tal medo, porém, foi dissuadido no relatório, pelo menos, por enquanto.

Total de 93 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?