O místico no UCM

O místico no UCM

Falta cada vez mais pouco para a chegada de Wandavision. A serie, que dará inicio a fase 4 e também ao novo momento do UCM, com a introdução do multiverso, e provavelmente também dos mutantes, mostrará o lado feiticeira de Wanda que, até então, só era uma garota com poderes.

Diante dessa nova fase da heroína, é interessante rever TODO O UCM (não ignorando as series), sobre essa perspectiva de como a magia tem sido abordada até então.

Começando em Thor, a magia foi apresentada como uma “ciência não compreendida” pelos homens e, assim, sendo nomeada de magia. Essa tese foi repetida em Agents of Shield pela dupla Fitz-Simmons, quando a equipe lidou com casos sobrenaturais.

Uma visão que durou 5 anos, já que, em 2016, com a chegada de Doutor Estranho, a magia passaria a ser compreendida de outra forma, que tem a ver com o extrair energia de outras dimensões, podendo assim fazer feitiços.

Além disso, o filme traz as diversas habilidades dos feiticeiros que, além de fazer escudos e armas com essa energia, podem utilizar objetos, como anéis para criar portais.

Também trouxe uma perspectiva de que eles lidam com ameaças diferentes que as dos Vingadores. Para proteger a Terra, há os Sanctus, que estão localizados em lugares específicos (Nova York, Londres e Hong Kong) e, formam um escudo em torno do planeta. Além disso, existe o Mago Supremo, um poderoso feiticeiro,  que durante muito tempo foi a Anciã. Em Thor: Ragnarok, o Doutor Estranho já se tornou no novo.

Em outras series, o místico foi abordado, como na primeira parte da 4ª temporada de Agents of Shield, que trouxe uma trama sobrenatural com o Motorista Fantasma e o DarkHold, um livro que perverte aquele que lê, como parte de um crossover com a chegada do filme. Esse arco, alias, foi importante no desenvolvimento de Aida, a MVA do doutor Radcliff, uma vez que ela lê o livro, no que acreditam que ela seria imune aos efeitos malignos. Porém, ao longo da temporada, sua maneira de pensar é transformada, arquitetando um plano para fazer um corpo humano para si. Tal ato faz com que o Motorista Fantasma, que tinha saído de cena, retornasse, em vista que ela se tornou numa ameaça que incomodou o Espirito da vingança, entidade que habita o corpo de Robbie Reyes e o transforma. Como forma de detê-la, Coulson faz um acordo com o Espirito, o que trouxe consequência para ele, acelerando sua morte.

Fugitivos, que tem uma grande diversidade de personagens, trouxe Nico Minoru, que é Wicca e que passa a utilizar o Cajado do absoluto, que sua mãe utilizava nos rituais de sacrifício da Orgulho. Entretanto, o uso do objeto passa a ter efeitos nela, como seus olhos, que ficam iguais aos de Kaecilius, vilão do Doutor Estranho que extraia energia da Dimensão negra, além de mexer com as emoções dela, o que a fez rejeita-lo.

Na terceira temporada, trouxe Morgana Le Fay, feiticeira poderosa que tenta trazer Nico para seu lado, visando o Cajado que Tina Minoru, mãe dela, alerta para não entrega-lo. Quando ela escapa de onde estava presa, se alia a Robert Minoru, passando a fazer parte da Wizard, empresa comandada por ele e Tina, e lançando smartphones enfeitiçados com penas de corvo. E a participação da vilã ainda trouxe o Darkhold de volta, uma vez que ela o utiliza e possui uma poderosa ligação, a ponto que sente quando alguém o toca.

No confronto final contra Morgana, os jovens contam com a ajuda dos pais, com Tina fazendo um feitiço para manda-la de volta de onde veio.

Já Manto e Adaga trouxe outras perspectivas, abordando o Voodoo e entrelaçando a cultura a trama. Além de também de trazer a dimensão de Loa, que fez parte do crossover com Fugitivos.

Com Helstrom, havia uma intenção do desenvolvimento de um grupo de heróis mais sombrio, o qual o Motorista Fantasma também faria parte, com ambas as series sendo desenvolvidas pela Hulu. Porém, com a serie de Robbie Reyes, apesar de muito pedida, foi engavetada e Helstrom, que foi bastante criticada, foi cancelada.

Em Vingadores: Guerra infinita, o Doutor Estranho mostra todas as suas habilidades como Mago Supremo, seja defendendo a joia do tempo, seja em sua luta contra Thanos em Titã. Já em Vingadores: Ultimato, após o assalto no tempo e o estalo de Thanos desfeito, um novo confronto como Titã louco, dessa vez o de 2014 que veio para o futuro, começa, com os feiticeiros tendo um papel crucial trazendo, através de portais, Wakandanos, Asgardianos, Saqueadores e os heróis caídos para o campo de batalha, além também de fazer escudos para proteger a todos.

Até o presente, isso foi sendo apresentado quanto a magia. Porém, vale destacar que, Doutor Estranho: Multiverso da loucura, além de trazer as consequências de Wandavision, pode trazer consequência do primeiro filme, como a alteração do tempo feito por Strange e alertada por Mordo, além também da caça de Mordo aos feiticeiros.

 

Com toda essa trajetória, o que esperar de Wandavision? E como se dará o Multiverso? Para saber mais, só quando a serie chegar. A única coisa que se sabe e da tamanha importância, principalmente por trazer de volta Darcy (Thor), Agente Woo (Homem formiga e a Vespa) e Monica Rumble (Capitã Marvel, que será adulta e, possivelmente, ganhará poderes). Também dos filhos de Wanda e Visão, que são os heróis Celere e Wiccano, possivelmente iniciando a abordagem dos jovens vingadores.

Não se sabe, por enquanto, a ameaça, mas que Agnes, que tem aparecido nos trailers, pode ter um papel importante.

 

Fiquem de olhos que, dia 15 de Janeiro, chega Wandavision, no Disney+.

Total de 41 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?