Loki abre alas para o multiverso

Loki abre alas para o multiverso

Loki terminou a sua primeira temporada e, com ela, o grande BOOM da fase 4, com a chegada do multiverso na MCU.

Sendo uma das produções mais curiosas dessa fase, pois apresenta um Loki diferente do conhecido no MCU, já que durante o assalto do tempo dos Vingadores, após a Batalha de Nova York, esse usou o Tesseract, que eles descuidaram por um momento, para fugir. Apesar dele não ter passado por toda a jornada do personagem que foi vista até agora, conflitos internos quanto ao fato dele estar destinado a ser mau e se ferrar, e se deparar com o futuro, onde vê a morte de Frigga, Odin e a sua própria pelas mãos de Thanos, o transformam numa nova versão de si mesmo, consciente de querer e precisar mudar seu destino.

Nesse contexto, é apresentada a AVT, a Autoridade de Variações do Tempo, e sua missão de cuidar da Linha do tempo sagrada localizando Eventos Nexus, que são capazes de criar outras linhas do tempo, sendo o próprio Loki um, assim, evitando o surgir de um multiverso.

Embora fosse esperada que, em algum momento, algo daria errado e iria gerar o multiverso, os acontecimentos que levaram a isso foram surpreendentes a cada momento, seja pela ameaça da variante do Loki, que na verdade era uma mulher chamada Sylvie; a revelação que todos na AVT serem variantes; o Vazio e as outras variantes do Loki; a revelação do Aquele que permanece e sua morte por Sylvie… Tudo até chegar o momento mais aguardado por todos: o multiverso que, antes, acreditava-se que aconteceria em Homem-Aranha: Longe de casa ou em WandaVision.

Algo a se destacar nisso é o paralelo da serie, que fala também do livre arbítrio. Sendo o multiverso um conceito onde é respondida a pergunta “e se?”, no caso da serie, se Loki tivesse nascido uma garota; tivesse matado o Thor; tivesse criado uma ilusão antes de ser morto pelo Thanos; tivesse se tornado presidente dos EUA… todas essas respostas seriam o multiverso e, ao retira-los de suas linhas do tempo e as resetar, não existe a liberdade dessas escolhas. Mesmo que Aquele que permanece tenha feito isso sabendo que era o melhor, já que houve a Guerra Multiversal, é algo que cria um conflito entre Sylvie e Loki.

Tudo isso gera um novo momento para o MCU, comparado a Batalha de Nova York; a revelação da Hidra infiltrada na Shield; o Acordo e Sokóvia; a destruição de Asgard e a imigração para a Terra; o estalar de dedos e o retorno do Blip, eventos que mudaram tudo. Isso causa um grande Hype, pois justifica a chegada do Electro de Jamie Foxx e do Dr Octopus de Alfred Molina, que estarão em Homem-Aranha: No way home.

Outro hype é que, agora, fica mais próxima a chegada dos mutantes ao MCU, por mais que o ator Olivier Richters afirme que, em Viúva negra, seu personagem, Ursa Maior, seja um, já que originalmente ele é um mutante nos quadrinhos. Ele pode se tornar num urso gigante e já fez parte da Guarda Invernal, junto com o Guardião vermelho.

 

Loki foi renovada para uma segunda temporada, sem previsão de estreia. Ainda esse ano, além da estreia da animação What if? em agosto, Shangi-chi em setembro, Eternos em novembro e Homem-aranha: No way home em dezembro, ainda terá o lançamento das series Gavião arqueiro e Miss Marvel, que não tem data de estreia ainda.

Total de 121 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?