Coração de tinta

Coração de tinta

Sinopse

            Há muito tempo Mo decidiu nunca mais ler um livro em voz alta. Sua filha Meggie é uma devoradora de histórias, mas apesar da insistência não consegue fazer com que o pai leia para ela na cama. Meggie jamais entendeu o motivo dessa recusa, até que um excêntrico visitante noturno finalmente vem revelar o segredo que explica a proibição. É que Mo tem uma habilidade estranha e incontrolável: quando lê um texto em voz alta, as palavras tomam vida em sua boca, e coisas e seres da história surgem como que por mágica. Numa noite fatídica, quando Meggie ainda era um bebê, a língua encantada de Mo trouxe à vida alguns personagens de um livro chamado Coração de tinta. Um deles é Capricórnio, vilão cruel e sem misericórdia, que não fez questão de voltar para dentro da história de onde tinha vindo e preferiu instalar-se numa aldeia abandonada. Desse lugar funesto, comanda uma gangue de brutamontes que espalham o terror pela região, praticando roubos e assassinatos. Capricórnio quer usar os poderes de Mo para trazer de Coração de tinta um ser ainda mais terrível e sanguinário que ele próprio. Quando seus capangas finalmente seqüestram Mo, Meggie terá de enfrentar essas criaturas bizarras e sofridas, vindas de um mundo completamente diferente do seu.

Autora: Cornelia Maria Funke

 

         Cornelia Maria Funke, mais conhecida como Cornelia Funke. Nasceu em 1958, na cidade alemã de Dorsten, no estado da Renânia do Norte-Vestfália , na então Alemanha Ocidental. Seu sonho quando criança era se tornar astronauta ou uma piloto de avião, quem diria que se tornaria uma grande escritora famosa no mundo inteiro? O mundo da muitas voltas. Formou em pegadogia na Universidade de Hamburgo. Considerada como a J.K Rowling alemã.

          Sua fama internacional ganhou forma com o livro de fantasia O cavaleiro do Dragão, ficou na lista dos mais vendidos no New York Times por 78 semanas. O livro que deu seguimento à sua fama foi o Ocração de tinta. Vencou o prêmio BookSense Book of The Year Children´s Literatura de 2004. Primeira parte de uma trilogia. Justamente o que vamos falar hoje.

Adaptações cinematográficas.

 

         O filme Inkheart, baseado no livro Tintenherz (coração de tinta), foi lançado em 2008, e dirigido por Iain Softley. Brendan Frases estrelou o papel principal.

SINOPSE

         Mo Folchart (Brendan Fraser) e sua filha Meggie (Eliza Bennett), de 12 anos, são apaixonados por livros. Desde pequena Meggie teve o hábito de leitura estimulado pelo pai, que trabalha como encadernador de livros. Além disto eles têm o poder de trazer à vida personagens dos livros caso o leia em voz alta, só que sempre que isto acontece uma pessoa real é inserida nos livros. Até que um dia, ao passear por um sebo, Mo ouve vozes de “Coração de Tinta”, um livro que não lhe traz boas recordações. Sua história possui castelos medievais e estranhas criaturas, com este universo tendo aprisionado a mãe de Meggie quando ela tinha apenas três anos. Mo sempre desejou encontrar o livro e salvar a esposa, mas agora precisa lidar também com o sequestro de Meggie por Capricórnio (Andy Serkis), que deseja dar vida a diversas criaturas malignas.

 

O Livro e minha opinião.

 

 

         Uma história muito boa. Uma trama simples, mas precisa. Rende muitas risadas e alegrias. Acontecimentos genéricos, no entanto, não atrapalha em nada o desenrolar da trama. Me rendeu uma aventura maravilhosa em um mundo diferente. Um dos personagens relevantes na história é chamado carinhosamente de Mo. Por sua filha Meggie. Tanto o pai quanto a filha possuem uma habilidade especial. Ao lerem qualquer livro, conseguem trazer para realidade qualquer personagem. A trama começa aí. Quando Língua encantada (apelido dado pelos personagens trazidos do livro coração de tinta) Traz os vilões de dentro do livro e como na alquimia, uma troca justa é requerida. Sua esposa é transportada para dentro do livro.

         A história apresenta personagens marcantes como dedo empoeirado com sua marta de chifres. Os vilões são peculiares. Farid personagem de outra história trazido acidentalmente por Meggie é outro personagem que nos marca. Mortimer juntamente com sua filha luta para fugir do vilão Capricórnio, Basta, Mortola, Cockerell, Naris chato entre outros homens maus que o criador Fenoglio do livro da trama criou. Outro personagem relevante é Elinor. Tia de Meggie com a casa cheia de livros. Vale a pena conferir as quase 500 páginas dessa maravilhosa história. Algo que admirei foi a habilidade da autora para retratar de maneira sutil os cenários e o clima. Cai de paraquedas nesse universo e quero ler os demais livros.

Frases marcantes:

 

“Existe algo mais belo neste mundo do que as letras? Sinais mágicos, vozes dos mortos, peças dos mundos maravilhosos, melhores do que este. Elas consolam e espantam a solidão. São guardiãs de segredos, arautos da verdade…”

“Onde se queimam livros, em breve passarão a queimar pessoas.”

“Uma promessa ruim não se torna melhor só porque foi cumprida.”

“Existe algo mais belo neste mundo do que as letras? (…) Elas consolam e espantam a solidão. São guardiãs de segredos, arautos da verdade.”

Total de 388 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?