Ator de the Office critica a forma que The Last of Us apresentou os cristãos.

Ator de the Office critica a forma que The Last of Us apresentou os cristãos.

O ator Rainn Wilson, quem ficou bastante popular no papel de Dwight Schruts em The Office, fez duras críticas a representação cristã na série The Last of Us. Para ele a série mostrou um viés totalmente anticristão em Hollywood.

“Assim que eu, personagem David em The Last of Us, começou a ler a Bíblia sabia que ele seria um vilão horrível não poderia haver um pregador que lê a Bíblia realmente amoroso e gentil em um programa?” Questionou no Twitter.

Wilson ficou extremamente triste com a adaptação de David para a TV, pois no jogo do Playstation o personagem não tem contorno religioso apesar de ser também um canibal e potencial pedófilo, mas no jogo não demonstra que o personagem tem um viés cristão.

Poucos dias depois da sua crítica falando que Hollywood tem um viés anticristão, o astro de The Office voltou a falar sobre o assunto nas redes sociais onde ele reclamou que virou notícia no Fox News por causa de seu Twitter anterior.

O ator afirmou que não é cristão e já tinha criticado a coalizão evangélica/política que estaria causando muitos danos ao país, ele fez questão de lembrar que o fato de não ser cristão não faz com que ele concorde com o desrespeito imposto pela indústria americana cinematográfica e que a maioria dos cristãos que ele conhece são pessoas gentis e amorosas que tentam tornar o mundo um lugar melhor, diferente do que tem sido mostrado nos filmes e nas séries americanas. Ele destacou que os cristãos deveriam ser melhor tratados pela indústria cinematográfica e que deveriam ter o mesmo espaço que o público LGBT que o cinema está se tornando militante de uma causa e deixando de ser algo imparcial e construtivo.

Total de 287 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?