A Revolução dos Bichos – George Orwell

A Revolução dos Bichos – George Orwell

Sinopse:

Uma fazenda é tomada por seus animais maltratados e sobrecarregados. Cheios de idealismo, eles se propõem a criar um paraíso de progresso, justiça e igualdade, administrando o local por conta própria. Os porcos, então, assumem o comando e, com suas habilidades de alfabetização, vão aos poucos mudando as regras que os animais haviam estabelecido previamente. Dessa forma o palco está montado com uma crítica muito bem escrita de como os ideais socialistas são corrompidos por pessoas poderosas, como as massas iletradas são aproveitadas e como os líderes comunistas se transformam em capitalistas

Autor: George Orwell

 

George Orwell, foi um escritor, jornalista e ensaísta político inglês, nascido na Índia Britânica. Sua obra é marcada por uma inteligência perspicaz e bem-humorada, uma consciência profunda das injustiças sociais, uma intensa oposição ao totalitarismo e uma paixão pela clareza da escrita. Autor também do livro 1984.

 

 

Vamos ao livro: A revolução dos Bichos.

 

 

 

 

Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista. De fato, são claras as referências: o despótico Napoleão seria Stálin, o banido Bola-de-Neve seria Trotsky, e os eventos políticos – expurgos, instituição de um estado policial, deturpação tendenciosa da História – mimetizam os que estavam em curso na União Soviética.

 

 

Quando finalizei esta magnifica obra, não me surpreendi do final, já esperava tal desfecho, visto que outras obras do mesmo autor segue a mesma receita. O que muda nessa história é, a exemplificação do que acontece quando nos omitimos e deixamos terceiros tomarem conta da nossa vida.

Não deixei de me comparar com cada animal da fazenda, realizar inúmeras comparações com nossa política, e visualizar países que nesse exato momento vivem na fazenda dos bichos. É difícil aceitar tal fato, mas assim como na fazenda dos bichos, fecharam os olhos para o que era obvio que estava acontecendo, ignorando e deixando que a situação ficasse cada vez pior e complicada. Fazemos as mesmas coisas todos os dias.

Leitura altamente avançada e enriquecedora em todos os níveis. Nunca devemos deixar os porcos no poder. Desconfiar quando se julgam mais inteligentes para tomar decisões na sua vida. Narrativa tão real quanto a luz do dia. Não deixe seus medos permitirem que alguém diga o que deve fazer.

 

 

 

Confira a resenha do Livro 1984 do mesmo autor nesse link: Clique Aqui;

 

Total de 160 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?