Filmes & Seriados

A franquia Kamen Rider em 2020

Uma visão geral da franquia nesse ano, de forma especial no Brasil

O ano de 2020 tem entrado para a história devido a pandemia do Novo Coronavírus. Porém, também está sendo pelas novas estratégias usadas pelos canais de televisão, para trazer a diversidade nesses dias, como foi a exibição dos tokusatsu na Band.

Uma das mais surpreendentes desse ano, com certeza, foi o retorno de Black Kamen Rider na televisão aberta, que teria direito a exibição do, inédito, último episódio dublado(não contando as feitas pelos grupos de fandubs) e uma abertura em português, cantada por Ricardo Cruz, que foi integrante do grupo japonês Jam Project e que, atualmente, está com o projeto no seu canal no youtube de anison, que são músicas de animes e tokusatsu, alguns exibidos no Brasil, com direito a parte em japonês e parte em português.

Confira o vídeo da música a baixo:

 

Porém, com o dublador Elcio Sodré não autorizando o uso de voz, devido a reivindicações de direitos,  a exibição foi cancelada, só tendo sido exibido num único domingo.

Entretanto, quando foi noticiada toda a movimentação da dublagem, a Sato Company, responsável pela exibição na band, também anunciou que planejavam trazer, através da escolha do público, um título inédito da franquia Kamen Rider. No dia 22 de setembro, foi revelado que a série escolhida foi Kamen Rider Zi-O, que é a última da era Heisei. Ela possui uma trama com viagem no tempo e homenagem a outras séries Rider.

Com isso, será a terceira série da franquia a ser exibida no Brasil que, além de Black Kamen Rider, exibiu a continuação da mesma, Kamen Rider Black RX. É também uma boa notícia para os fãs do gênero, cujas últimas produções que foram exibidas no Brasil foi Ryukendo e os filmes Garo.

Interessante observar que, na época de estreia e cancelamento na Band, no Japão, foi encerrada Kamen Rider Zero One, primeira série da era Reiwa, que teve uma boa recepção do público, trazendo uma trama em torno dos Human gears, androides com inteligência artificial inclusos na sociedade, que trabalham nas mais diversas funções. Entretanto, conflitos ameaçam eles e a relação com o mundo, ao par que há uma ferida de um incidente que aconteceu, onde os human gears atacaram os humanos, algo que se torna numa constante ameaça.

Também nesse periodo, estreou Kamen rider Saber, segunda da era Reiwa. Ela acompanha Touma, um jovem escritor que não se recorda de um fato marcante do passado, e que se torna no herói título. Além das armas inspiradas em histórias famosas, a serie tem como destaque a poderosa fala “Sou eu quem decido a conclusão da história!”, dita por Touma e repetida na música de encerramento.

Outro novidade desse ano em relação aos guerreiros mascarados, é o jogo Kamen Rider: Memory of Heroez, que trará uma trama inédita, envolvendo 3 kamen riders: W, OOO e Zero-One.

Além disso, assim como muitos filmes tiveram suas estreias adiadas, o de Kamen Rider Zero-One, que estava programado para junho, será lançado em Dezembro, junto com o de Kiramager. Depois disso, o personagem deve retornar somente no filme crossover com Kamen Rider Saber.

 

Com a chegada de Zi-O, esperanças de uma nova leva de tokusatsu vindos para o Brasil é revivida. Principalmente sendo Kamen Rider, já que é uma das três grandes franquias no Japão atualmente.

A serie pode ser vista em breve na Prime Vídeo, somente com legendas em português

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?