Stargate SG-1

Stargate SG-1

 

Stargate SG- 1 é uma telessérie norte-americana de ficção cientifica baseada no filme para o cinema Stargate (1994). A história central é a existência de aparelhos chamados “Stargates” que, através de buracos-de-verme, possa viajar entre as estrelas instantaneamente.

O enfoque do seriado é uma equipe denominada SG-1. Sua base ultrassecreta da força Aérea dos EUA chamada Stargate Command, conhecida como SGC. Através do “Stargate” encontrado na Terra para explorar diferentes mundos e defender o planeta contra ameaças alienígenas estabelecidas no filme original ou apresentadas ao longo da série. Ou seja, o filme é o ponto de partida para quem busca adentrar nesse grande universo.

Diferentemente dos outros seriados de ficção cientifica com a temática de exploração interplanetária, Stargate SG-1 possui como tempo ficcional o presente, é baseada na Terra e envolve principalmente humanos.

A série é produzida pela MGM e filmada no Bridge Studios, em Vancouver, Canadá. O primeiro episódio foi transmitido em 27 de julho de 1997 através do canal de televisão Showtime, que exibiu as cinco primeiras temporadas. Desde a sexta temporada, o seriado é transmitido pelo Sci-Fi Channel. Stargate SG-1 ocupa o posto do seriado de ficção cientifica mais duradouro da televisão americana, ultrapassando “The X-Files (Arquivos X)

 

O inicio – StarGate – Filme

 

 

O que pousas pessoas sabem é que a serie StarGate SG- 1 deriva dos acontecimentos do filme. Para entender a série é necessário ver o filme antes. Continuação direta. O enredo segue abaixo:

Em 1928 em Guizé, Egito uma tumba gigantesca é descoberta. Dentro se encontra um grande anel metálico, e um amuleto com inscrições e o simbolo do deus Rá que a filha do arqueólogo-chefe, Catherine Langford, pega para si.

 

 

Nos dias atuais, o egiptólogo Daniel Jackson participa de um simpósio, onde defende suas teorias sobre a Grande Pirâmide de Gizé, de que a mesma não poderia ter sido construída na Quarta dinastia dos faraós egípcios, que é a versão aceita oficialmente. Ridicularizado e posto de lado pelos seus colegas cientistas, e deixado para trás no meio de sua apresentação, ele se retira desconsolado. No entanto, Catherine o convida a participar das traduções de antigos hieroglifos para a Força Aérea dos Estados Unidos.

 

Jackson é trazido para uma instalação militar no Colorado, para tratar do que um coronel aposentado, Jonathan “Jack” O’Neil, revela serem informações secretas. Corrigindo a tradução já efetuada e inspecionando uma pedra encontrada no sítio arqueológico, Jackson conclui que os hieróglifos falavam de um “portal para as estrelas” (Stargate), com alguns símbolos similares a constelações servindo de coordenadas para um ponto no espaço. Os militares então revelam a Jackson o “Stargate” em si, o portal metálico encontrado em Gizé. Pesquisadores conseguiram fazer o anel ser controlado por um computador, e após alinhar os símbolos do Stargate com as travas em seu exterior seguindo a sequência encontrada por Jackson, ativam um buraco de minhoca  conectado com outro planeta. O’Neil lidera uma missão de reconhecimento para a travessia, que vê a adição de Jackson.

 

 

Chegando em um planeta desértico (mais tarde batizado como Abydos) com uma gigantesca pirâmide, Jackson encontra o Stargate e seus controles, mas não tem as coordenadas para voltar para casa.

 

StarGate SG- 1

 

 

A história do Stargate SG-1 começa cerca de um ano após os eventos do filme, quando o governo dos Estados Unidos descobre que um antigo dispositivo alienígena chamado Stargate pode acessar uma rede de tais dispositivos em uma infinidade de planetas e no espaço. SG-1 é uma equipe de operações especiais de elite da Força Aérea dos Estados Unidos, uma das cerca de 20 equipes da Terra que exploram a galáxia e se defendem contra ameaças alienígenas como os Goa’uld , os Replicadores e os Ori . A série baseia-se na mitologia egípcia , grega e nórdica , bem como na lenda do Rei Arthur .

 

Conhecendo os vilões: Goa’uld

 

Os Goa’uld (pronuncia-se “Go- ah – oold ” ou às vezes ” Goold “) são uma raça parasita de seres simbiontes sencientes que dominam os hospedeiros . Várias espécies podem servir como hospedeiros, incluindo humanos e Unas . Eles se originaram no planeta designado P3X-888 . Eles também são extremamente egomaníacos devido à sua memória genética e aos efeitos mentais adversos da tecnologia do Sarcófago . Goa’uld significa “deus” na língua Goa’uld . As raças que não os serviram são completamente destruídas sem compromisso ou misericórdia de qualquer espécie. ( SG1 : “Filhos dos Deuses “,” Martelo de Thor “,” Os Primeiros “). Para um Goa’uld, o gênero parece ser uma questão de escolha, ou persona, e nem sempre é definido pelo hospedeiro.

 

Os Goa’uld seguem lutando contra a humanidade por diversas temporadas. Cada deus da antiguidade é na verdade uma dessas criaturas. Então prepare-se para ver muita mitologia reinterpretada. Os deuses do passado ainda estão vivos e formaram o Senhores do Sistema,

Conhecendo os vilões: Ori

 

Os Ori (pronuncia -se or-olho ) foram a primeira evolução da humanidade, junto com os Antigos .

Conhecidos originalmente como Alteranos , mais tarde aprenderam a ascender e usaram seu conhecimento e poder como justificativa e meio para exigir a adoração de seres mortais, quando aprenderam que tal adoração aumenta o poder dos seres ascendidos.

 

 

Milhões de anos atrás, os Ori viviam junto com os Antigos como uma sociedade única e unida em uma galáxia distante como os Alteranos . Em algum ponto, no entanto, ocorreu uma divisão entre os alteranos: os antigos começaram a se dedicar à ciência, enquanto os ori se tornaram cada vez mais religiosos. Esta divisão eventualmente se tornou tão grande que os Ori tentaram destruir os Antigos. Para evitar uma guerra, o que era contraditório às suas crenças, os Antigos partiram de sua galáxia natal para a Via Láctea.

 

 

Devido às origens de sua ancestralidade, os Ori se acreditavam os criadores da vida humana. Eles conhecem os Antigos , mas os evitam, dizendo que abandonaram o “caminho” e acreditam na filosofia oposta. Eles afirmam que não compartilhar os segredos do universo com aqueles nos planos inferiores de existência é um ato maligno e aqueles que o praticam devem ser eliminados.

Os Ori conceberam a fé da Origem , que os coloca no centro da criação, e escreveram sua palavra no Livro da Origem para ser administrada aos seguidores por meio de Priores , missionários e professores de Origem. Os Ori usam o Doci , o prior principal, como seu “porta-voz” para se comunicar com os seres inferiores. Eles são capazes de possuir seu corpo para espalhar suas demandas e vontade. Quando isso acontece, eles podem ser identificados com olhos de fogo. ( SG1 : ” Avalon, Parte 2 “, ” Origem “)

Os Ori encerram a serie na Decima temporada.

 

Vamos aos Personagens.

 

Teal’c

É um personagem fictício da série de televisão, Stargate SG-1. Interpretado por Christopher Judge, Teal’c é um jaffa guerreiro do planeta Chulak. Como um Jaffa, Teal’c é um ser humanóide que possui uma bolsa abdominal que serve como uma incubadora para uma larva Goa’uld. O simbionte larval concede maior força, saúde, cura e longevidade; Teal’c tem cerca de 100 anos de idade durante a série. A característica mais notável de Teal’c é uma tatuagem dourada encontrada em sua testa, um sinal que uma vez serviu o senhor de sistema Apophis.

 

 

Quando a equipe SG-1 é capturada em Chulak no episódio piloto de Stargate SG-1 , Teal’c deserta do exército de Apophis e se junta à equipe SG-1. Ele acredita que isso irá proporcionar uma oportunidade, eventualmente, de derrotar os Goa’uld e trazer liberdade a todos os Jaffa. Teal’c encontra uma casa no Stargate Command (SGC) na Terra e ocasionalmente visita sua esposa Drey’auc e seu filho Rya’c em Chulak. O SG-1 une forças com Bra’tac em muitas missões contra Apophis nas próximas quatro temporadas. A integridade de Teal’c na equipe é testada depois que ele mata a esposa de Daniel Sha’re no episódio “Forever in a Day”, da temporada 3, quando esta torturava o próprio Daniel, possuída pelo goa’uld Amaunet. Depois que SG-1 consegue matar Apophis na estréia da temporada 5, “Enemies”, Chulak se torna um planeta livre.

 

 

Como um Jaffa, Teal’c não requer o sono, mas deve envolver-se em uma forma de meditação chamada “kel’no’reem”, a fim de sincronizar com o seu simbionte.

Uma frase constantemente dita por Teal’c é “de fato”. Christopher Judge descreveu seu personagem como um libertador que tenta acabar com a escravização de seu povo e um “rebelde em uma sociedade que não tolera rebeldes”. Embora Teal’c tenha certas habilidades físicas avançadas e poderes, ele é muito humano em seu coração e em sua mente.

 

 

George S. Hammond

 

 

O Tenente General George S. Hammond , USAF (aposentado) é um personagem fictício da franquia Stargate . Interpretado pelo ator americano Don S. Davis , o General Hammond foi o comandante do Stargate Command (SGC) nas primeiras sete temporadas da série de televisão Stargate SG-1 . Ele está aliviado do comando na série temporada 7 finale ‘ Lost City ‘, mas torna-se chefe do novo Homeworld Segurança departamento no início da temporada 8. aposentadoria fora da tela de Hammond é confirmado no SG-1 ‘ s temporada 10, e a morte do personagem é mencionada no final da série deSérie spin-off do SG-1 , Stargate Atlantis , ” Enemy at the Gate “.

 

O General Hammond tem controle sobre cada missão SG, mas raramente está diretamente envolvido com as aventuras fora do mundo das equipes SG. Ele só é mostrado fora do mundo em ” Prisoners ” da 2ª temporada, ” Into the Fire ” e ” Forever in a Day ” da 3ª temporada , e na estreia da 7ª temporada ” Fallen “; ele também comanda a nave espacial Prometheus na sétima temporada ” Lost City ” e na oitava temporada ” Prometheus Unbound “. O comando de Hammond no SGC é interrompido uma vez na ” Reação em cadeia ” da 4ª temporada , onde Hammond se retira sob coação e é temporariamente substituído pelo General Bauer.A série nunca estabelece claramente o segundo em comando de Hammond, embora o produtor Joseph Mallozzi tenha afirmado na 7ª temporada que “se Hammond se aposentar, há uma forte possibilidade de que [o coronel Jack O’Neill possa assumir o comando do Comando Stargate base”.

 

 

De acordo com Approaching The Possible, de Jo Storm, o episódio da 2ª temporada ” 1969 ” mostrou que Hammond subiu na escada militar “por ser astuto, inteligente e por ser possuidor de uma visão longa”, apesar de ser um “pragmatismo de linha de fundo declarado “. Don S. Davis descreveu o General Hammond como inicialmente “obstinado e direto”, e mais tarde como aparentemente “severo e direto”. Reconhecendo a necessidade de cumprir o papel de General, Davis ainda tentou “trazer a ele alguns níveis que mostrem alguma compreensão e que o tornem um pouco mais agradável.” O bem-estar dos homens e mulheres sob Hammond ‘ O comando é primordial na mente do general. Além de saber que as pessoas não podem retornar de suas missões sancionadas, o General Hammond tem que decidir quando renunciar às tentativas de resgate para não colocar mais vidas em perigo, mesmo que “sempre o faça com relutância e com pesar”. Como mostrado em “Chain Reaction”, Hammond prefere deixar os militares em silêncio do que arriscar as carreiras e vidas de sua equipe e sua família, “que deve ir contra todo o seu passado tempestuoso do Texas”.

 

Samantha Carter

 

 

Antes dos eventos atuais do Stargate SG-1 , Samantha Carter trabalhou no Pentágono por vários anos, tentando colocar o Stargate operacional. Ela tem um Ph.D. em astrofísica teórica e “registrado mais de 100 horas no espaço aéreo inimigo” durante a Guerra do Golfo . Ela é filha do Major General Jacob Carter e tem um irmão chamado Mark. Sua mãe morreu em um acidente de carro quando ela era adolescente.

 

 

Segurando o posto de capitã , Samantha Carter se junta à equipe SG-1 no episódio piloto , ” Children of the Gods “. Ela fica sob o controle temporário dos Tok’ra Jolinar na 2ª temporada e retém muitas de suas memórias, levando a uma aliança com os Tok’ra contra os Goa’uld. A breve fusão de Carter com Jolinar também a ajuda a detectar a presença Goa’uld e usar certa tecnologia Goa’uld. Carter é promovido ao posto de Major no início da temporada 3. Um mal-entendido sobre uma tecnologia alienígena no início da temporada 4 força Carter e seu oficial superior, o coronel Jack O’Neill , a admitir que se importam “muito mais do que deveriam”.  Em Exodus (temporada 4), Carter usa um portal estelar para destruir uma estrela discando o portão em P3W-451, o planeta sendo consumido por um buraco negro (originalmente descoberto em A Matter of Time ), e lançando o portal estelar ativo na estrela próxima; o desequilíbrio resultante em massa fazendo com que a estrela se transformasse em supernova e destruísse a frota de Apófis.

 

 

Presa a bordo da nave Prometheus na sétima temporada de ” Grace “, Carter percebe que seus sentimentos por O’Neill a impedem de explorar outros romances. Dois episódios depois em Chimera , Carter começa a namorar o amigo de seu irmão, Pete Shanahan , mas acha difícil não revelar seu trabalho a ele. Na estreia da 8ª temporada, ” New Order “, Carter é capturada por um replicador humanóide chamado Fifth que ela encontrou pela primeira vez na 6ª temporada de ” Unnatural Selection “. O Fifth eventualmente a libera, mas mantém uma cópia replicadora dela, comumente conhecida como ‘ RepliCarter ‘. Upon O’Neill ‘no mesmo episódio, ele a promove a tenente-coronel . Carter assume o comando da equipe SG-1, que inclui o descendente Daniel Jackson, o alienígena Teal’c e ela mesma. Pouco depois da morte de seu pai no final da 8ª temporada, Carter termina com Pete e vai pescar com Jack, Daniel e Teal’c para comemorar a derrota dos Senhores do Sistema.

 

 

Jonathan J. “Jack” O’Neill.

 

o tenente-general , USAF , é um fictional personagem no militar de ficção científica franquia Stargate , e principalmente, um dos personagens principais da série de televisão Stargate SG-1 . Ele é mais conhecido como interpretado pelo ator Richard Dean Anderson , que interpretou O’Neill em toda a mídia do Stargate desde 1997, quando ele assumiu o papel do ator Kurt Russell , que interpretou o personagem no filme Stargate original em 1994. O ‘ Neill e Daniel Jackson são os únicos dois personagens que aparecem no filme original e em todas as três séries de televisão Stargate em live-action.

 

 

Em sua primeira aparição no filme de 1994 como Coronel Jack O’Neil , o personagem lidera a primeira equipe a passar pelo Stargate em uma missão de reconhecimento. Ele posteriormente se torna o personagem principal da série de televisão Stargate SG-1 criada em 1997 como uma sequência do filme. Nas primeiras sete temporadas do show, o Coronel Jack O’Neill, relembrado da aposentadoria após o primeiro filme, é o líder da equipe SG-1, integrante do Programa Stargate , cujo objetivo é explorar a galáxia e se defender contra qualquer e todas as ameaças alienígenas.

 

 

O’Neill retorna ao Programa Stargate quando o Goa’uld Apophis ataca a instalação da Terra através de seu stargate. Ele recebe o comando do SG-1, que consiste em Samantha Carter , Teal’c e Jackson. Eventualmente O’Neill obtém o Repositório dos Antigos temporariamente “baixado” em seu cérebro e se torna o primeiro ser humano moderno a viajar para outra galáxia, a galáxia natal Asgard . Um segundo download do conhecimento dos Antigos em seu cérebro durante o final da 7ª temporada, permite que ele leve o SG-1 a um posto avançado dos Antigos na Antártica. O’Neill possui o gene ATA e, portanto, é capaz de operar a cadeira de armas dos Antigos e salvar a Terra da frota de Anúbis.  Com o conhecimento dos Antigos prestes a dominar sua personalidade e matá-lo, ele é colocado em um pod de estase no posto avançado até que Thor dos Asgard seja capaz de remover o conhecimento e salvar sua vida. Depois desse evento, O’Neill é promovido a general de brigada e recebe o comando do Comando Stargate . O’Neill é promovido novamente fora da tela e se torna o novo chefe da Office of Homeworld Security / Homeworld Command após a aposentadoria do General Hammond com o Major General Hank Landry assumindo sua posição como o novo comandante do Stargate Command.

 

 

Daniel Jackson

 

Daniel Jackson , Ph.D. , é um personagem fictício da franquia Stargate de ficção científica militar e um dos personagens principais da série Stargate SG-1 . Ele é retratado por James Spader no filme Stargate de 1994 , e por Michael Shanks no Stargate SG-1 e outras mídias derivadas do SG-1 . Jackson é o único personagem do Stargate a aparecer em todos os filmes e séries da franquia (não incluindo o não canônico Stargate Infinity ); o personagem principal Jack O’Neillnão apareceu no filme de 2008 The Ark of Truth .

No filme de 1994, o Dr. Jackson é um arqueólogo que faz parte da primeira equipe a passar pelo Stargate em uma missão de reconhecimento, liderada pelo Coronel Jack O’Neil . Ele então se torna um dos personagens principais da série de televisão subsequente Stargate SG-1 , onde ele, Jack O’Neill , Samantha Carter e Teal’c formam o SG-1, uma parte do Programa Stargate cujo objetivo é explorar o galáxia e defender contra ameaças alienígenas. Jackson faz parte do SG-1 até sua morte no final da 5ª temporada , quando é substituído por Jonas Quinn .

Após sua morte, o Dr. Jackson ascende a um plano superior de existência entre os Antigos . Ele faz aparições ocasionais na 6ª temporada antes de retomar a forma humana e se juntar ao SG-1 na sétima temporada . Jackson aparece na série até o final da décima temporada , e aparece em ambos os filmes direto para DVD que atuam como sequências da série.

No filme Stargate de 1994 , o personagem Daniel é apresentado em uma cena em que dá uma palestra em um seminário acadêmico. No entanto, ele encontra pouca aceitação de sua teoria de que as Pirâmides de Gizé são muito mais antigas do que se supõe. Uma mulher idosa chamada Catherine Langford se aproxima dele para lhe oferecer um emprego para decifrar as pedras de cobertura de um dispositivo encontrado no Egito. Jackson usa seu conhecimento de antigas línguas egípcias para fazer o dispositivo, chamado Stargate , funcionar.

Jackson então viaja com uma equipe, liderada por Jack O’Neill , através do Stargate, e eles descobrem que ele leva ao planeta Abydos . Daniel conhece, se apaixona e se casa com uma mulher nativa, Sha’uri (chamada Sha’re na série de TV Stargate SG-1 ). Depois de vencer a batalha para libertar os Abydonians do Sistema Lord Ra , Daniel decide não retornar à Terra com o resto da equipe e, em vez disso, viver o resto de sua vida aprendendo sobre a cultura e história de Abydos, com sua cultura baseada em o do antigo Egito. Jack O’Neill mente para seus superiores, dizendo que Daniel Jackson está morto.

Na série de televisão Stargate SG-1 , a vida de Daniel muda quando sua esposa e seu cunhado são sequestrados e transformados em anfitriões dos Goa’uld . Daniel se junta à equipe SG-1 na esperança de resgatá-los. Daniel se reencontra brevemente com Sha’re, que se tornou hospedeira da rainha de Apófis, Amonet, na segunda temporada de ” Segredos “, quando ela temporariamente controla seu corpo durante a gravidez do filho de Harcesis, Shifu . Pouco depois de Teal’c matar Sha’re na terceira temporada de ” Forever in a Day “, Sha’re dá a Daniel informações para encontrar seu filho, reconfirma seu amor por ele e pede que ele perdoe Teal’c. Daniel continua fazendo parte da equipe e mais tarde salva seu cunhado Skaara do Goa’uld Klorel na terceira temporada ” Pretense “. Na terceira temporada de ” Instinto Materno “, Daniel descobre a criança Harcesis em outro planeta e o deixa sob os cuidados de Oma Desala , um ser de grande poder e sabedoria. SG-1 encontra Shifu novamente como um garoto muito mais velho na 4ª temporada de ” Poder Absoluto “.

 

 

No filme Stargate , Daniel Jackson, Ph.D. , é apresentado como tendo várias credenciais profissionais, incluindo arqueólogo , historiador e linguista . Jackson utiliza suas habilidades em todos os três campos ao longo do filme, pois se torna evidente que ele é especialista em egiptologia .

Jackson, como arqueólogo, torna-se o acadêmico estereotipado – extremamente inteligente, nerd, socialmente desajeitado e peculiar. Como personagem, que exemplifica ainda mais esse estereótipo, Daniel representa uma antítese do estereótipo militar de atirar primeiro, perguntar depois. Jackson é frequentemente retratado como se aproximando de outras culturas; passado, presente e futuro, em um contexto culturalmente sensívelmaneira, às vezes alinhando-se com seus interesses acima dos militares na Terra. Daniel parece mais um pseudo-arqueólogo do que um cientista. A pseudoarqueologia opera, geralmente, fora dos métodos empíricos e analíticos da profissão de arqueologia e frequentemente está associada a alegações de vida extraterrestre, magia e outros fenômenos. No universo fictício de Stargate, Daniel provou estar correto sobre suas afirmações de que as pirâmides egípcias são muito mais antigas do que qualquer um acredita, e até mesmo descobre que elas são de design extraterrestre. Como Meskell observou no filme Stargate: “O Egito representa tudo o que é Outro, tudo que não podemos compreender ou explicar, todas as coisas ritualizadas, sacrificadas e sexuais ‘e resumidas no filme como o Rá queered e extraterrestre, como o Egito identificado como inexplicável, não natural e mal.

 

 

Alienígenas:

 

A serie apresenta a raça alienígena aliada da humanidade. Os Asgard. Responsavel pela proteção da humanidade durante as primeiras temporadas na guerra contra os Goa’uld. Depois auxiliam no desenvolvimento humano tecnológico proporcionando assim o avanço terráqueo no espaço longínquo. Nas temporadas finais os Asgard e os humanos unem forças contra outra raça ainda mais perigosa que os Goa’uld, os Replicadores.

 

 

Os Asgard são uma raça humanóide altamente desenvolvida quase extinta que já teve colônias nas galáxias Ida e Othala que visitaram e protegeram os humanos na Terra e em outros lugares da Via Láctea . Ao interagir com os primeiros humanos, eles se fizeram passar por deuses protetores benéficos, eventualmente dando origem à mitologia nórdica na Terra.

Parte da Aliança das Quatro Grandes Raças , eles estavam entre as raças mais avançadas da galáxia conhecida, comparados apenas pelos Antigos , os Nox e os Furlings . Eles assumiram o papel de protetores da galáxia da Via Láctea e mais tarde passaram esse papel para os Tau’ri.

 

 

Thor é o asgardiano mais famoso da série. Ele aparece em diversos episódios. Ajuda nas negociações de guerra e paz. Desenvolve laços de amizade com todos da equipe SG-1 e apreço pela humanidade, que antes consideravam inferiores.

 

Os replicadores

 

Os replicadores eram robôs avançados capazes de se reproduzir indefinidamente, consumindo todos os recursos disponíveis em uma área para criar mais de si mesmos.

 

 

Os Replicadores foram criados em um momento não especificado no passado em um mundo humano onde um andróide chamado Reesefoi criado. Essa máquina tinha uma personalidade infantil e era temida pelos nativos do planeta. Para se divertir, ela criou os Replicadores que seriam seus brinquedos. À medida que a população do mundo ficava com mais medo de Reese e dos replicadores, ela começou a ensinar as máquinas a protegê-la e a si mesmas. Para conseguir isso, eles iniciaram o processo de auto-replicação. O número de Replicadores cresceu muito e a própria Reese começou a perder a capacidade de controlá-los. Depois que Reese perdeu o controle dos Replicadores, eles destruíram seu mundo e todos que viviam nele.

 

 

O primeiro desses novos replicadores inteligentes foi capaz de perfurar o dispositivo de dilatação do tempo de Asgard através de uma rachadura microscópica e reprogramá-lo para atender às suas necessidades com a intenção de aumentar seu número a tal ponto que sobrepujariam os mundos conhecidos.

 

Algum tempo depois, os Replicadores começaram sua invasão da Via Láctea, que começou com a infiltração do Replicador Carter na estação de cúpula do Império Goa’uld . As hordas de Replicadores começaram a atacar os ativos Goa’uld por toda a galáxia e a assumir o controle de suas naves Ha’tak .

” Cada bloco de construção individual é capaz de exercer um campo de energia monopolar de modulação reativa em outros blocos, permitindo que os replicadores se agrupem em muitas formas. Até onde sabemos, o interior de cada bloco contém o seguinte; 2 milhões de vias de queron isoladas … “– Thor

 

Unas

 

Unas é uma raça humanóide nomeada pelos Goa’uld que se traduz como ‘os primeiros’ ou ‘a primeira raça’ ou, mais especificamente, a primeira raça humanóide que eles usaram como hospedeiros antes de Rá descobrir o Tau’ri na Terra . Os Unas evoluíram no P3X-888 , o mesmo mundo natal dos Goa’uld. Os Unas são reptilianos por natureza, possuindo habilidades regenerativas que um simbionte Goa’uld pode aprimorar.

Daniel mais tarde ajudou Chaka a escapar (e iniciar uma revolta) de uma sociedade de base humana que usava os Unas como trabalho escravo. Chaka também ajudou SG-1 a negociar um tratado com o Unas de P3X-403 . Esses Unas foram escravizados para minerar Naquadah para os Goa’uld , mas depois expulsaram seus opressores do planeta, desde então a mina tem sido um lugar sagrado para os nativos Unas. Quando o Comando Stargate enviou uma equipe a este mundo para o meu, os Unas se sentiram ameaçados. Eles, por sua vez, ameaçaram a equipe de mineração com uma guerra contra eles até que começassem a negociar. Os Unas obteriam alimentos e suprimentos se extraíssem o Naquadah para os Tau’ri.

 

Os Antigos – Alteranos

 

 

Os Alteranos eram uma espécie extraterrestre de humanos do planeta Celestis, na Galáxia de Origem Alterana, que evoluiu há milhões de anos. Por causa de um desacordo filosófico, eles acabariam se dividindo em duas facções: os Alteranos, conhecidos como Antigos / Lanteanos , que buscavam o avanço científico, e os Ori fervorosamente religiosos . Os Antigos fugiram para a Via Láctea , que eles chamaram de Avalon , enquanto os Ori permaneceram em sua galáxia natal. Ambos os grupos finalmente ascenderam à forma de energia, deixando para trás os traços de seus respectivos impérios.

Dezenas, possivelmente até centenas, de milhões de anos atrás, os Alteranos (a primeira evolução da humanidade) viveram juntos como uma sociedade em uma galáxia distante ao longo do caminho evolutivo para a Ascensão . No entanto, uma divisão filosófica logo surgiu entre os Alteranos, dividindo-os em duas facções: os Alteranos, conhecidos como Antigos / Lantianos , que passaram a confiar mais fortemente na ciência e na racionalidade, e os Ori , que continuaram a se tornar cada vez mais fervorosos. em suas crenças religiosas . Merlin indicou, entretanto, que quando os Ori começaram, eles tinham boas intenções que foram corrompidas.

 

 

Os alteranos acreditavam na ciência, na razão e na lógica. Conhecimento e iluminação eram fundamentais para sua visão de mundo. Eles acreditavam que o universo deveria ser estudado e que a experimentação científica era essencial para obter compreensão. Mais importante, os alteranos acreditavam no livre arbítrio. Para eles, o direito de acreditar no que uma pessoa deseja é mais importante do que qualquer outra coisa. No entanto, isso os prejudicou, pois foi a própria crença no livre arbítrio que os forçou a respeitar os direitos dos Ori em acreditar em seu fanatismo. Eles também acreditavam que não tinham o direito de restringir a liberdade dos seguidores da Origem de acreditar nos Ori por meio de uma ” lavagem cerebral ” da verdadeira natureza dos Ori em seus seguidores pelas mesmas razões.

Os Tok’ra

 

 

Os Tok’ra , também conhecidos como resistência Goa’uld ou rebelião Tok’ra , são uma raça filosófica de seres simbiontes sencientes que estão relacionados com os Goa’uld, mas se opõem aos seus caminhos. Eles tinham visto os ex- Senhores do Sistema como moralmente questionáveis ​​para serem autorizados a permanecer, com seu nome derivando das palavras Goa’uld “tok”, que significa “contra” e o nome do Senhor do Sistema Supremo Ra , que foi morto pelo Coronel Jack O’Neill e Dr. Daniel Jackson em Abydos em 1996 .

Embora biologicamente da mesma espécie que os Goa’uld, os simbiontes apenas aceitam voluntários como hospedeiros , mais frequentemente aqueles que estão doentes ou feridos, e não suprimem suas mentes, permitindo a ambas as entidades plena consciência e controle sobre o mesmo corpo. Assim, eles se recusam a ser chamados de “Goa’uld” por causa de suas diferenças filosóficas.

 

 

Eventualmente, os Tok’ra entraram em contato com o povo do Tau’ri quando Jolinar de Malkshur , fugindo de Edrekh , um Ashrak enviado por Cronus , tomou a capitã Samantha Carter como hospedeiro para sobreviver. No entanto, apesar de suas melhores tentativas, ela acabou sendo morta pelo assassino, mas não antes de garantir que seu hospedeiro sobreviveria. Elementos da memória genética permaneceram dentro de Carter. ( SG1 : ” Na linha de dever “)

Através dessas memórias, ela conseguiu localizar o acampamento Tok’ra em P34-353J e iniciou o primeiro contato entre as duas raças. Se tornam aliados poderosos e essências aos humanos.

 

Significado de Tau’ri:

 

 

Tau’ri é o termo usado pelos habitantes da Via Láctea para se referir aos seres humanos da Terra. A palavra significa ” primeiros ” ou ” do primeiro mundo “, na língua Goa’uld , no sentido de que toda a vida humana na Via Láctea começou na Terra. Embora o termo “Tau’ri” originalmente se aplicasse a todos os seres humanos na galáxia, passou a se aplicar especificamente àqueles que atualmente vivem na Terra à medida que o Programa Stargate passou a explorar a galáxia

 

 

Batalhas espaciais

 

     

   

 

StarGate SG -1 não é uma simples série que aborda a temática futurista, espacial e tecnológica. Ela aborda a capacidade humana de se reinventar, adaptar e lidar muito bem com o traço humano mais importante; A curiosidade!
No início, quando se inicia a série percebemos o fator exploração de incontáveis mundos. E, isso mexe conosco, juntamente vamos descobrindo os mistérios do espaço e da criação. Da 1 a 5 temporada a humanidade está aprendendo a lidar com ameaças e descobertas. Da 6 a 10 a humanidade entra no patamar de impor suas escolhas na galáxia e defender seu planeta. Com engenharia reversa e ajuda dos Asgard a humanidade ganha força. Todos os episódios são recheados de pura ficção cientifica. Com a mitologia egípcia dando liga, e, outras são acrescentadas no decorrer. Temos o Herói, o cientista, o intelectual certinho, o alien e o cérebro do grupo.
Cada personagem vai muito além do estereotipo. Impossível não se encantar por cada um deles e nunca mais abandoná-los. Somos apresentados e junto com os personagens exploramos inúmeras civilizações antigas, alienígenas e futuristas. Viagem no tempo, mundos paralelos, a série aborda tudo de maneira condizente e nunca deixa ponta solta. Além das batalhas espaciais que encanta todo cenário. Depois de assistir todos os episódios você começa perceber que falta muito para certas séries da atualidade chegar ao nível de StarGate SG-1. Apesar da sua idade, a imagem não é ruim. A história é de alta qualidade, o que faz qualquer geração assistir sem problemas.

 

 

Onde assistir StarGate SG-1?

Atualmente é possível assistir todas temporadas da serie através do serviço de streaming da Amazon – Prime Vídeo. Inclusive todos os filmes estão presentes também.

 

 

Realmente vale muito a pena assistir todos episodies de StarGate SG-1.

Volto posteriormente para falar de StarGate Atlantis

 

 

Se quer saber mais…

Segue abaixo os links usados para pesquisa – Referências:

1 – Aqui

2 – Aqui

3 – Aqui

4 – Aqui

5 – Aqui

6 – Aqui

7 – Aqui

8 – Aqui

9 – Aqui

 

 

Total de 177 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?