Será que?: a dor e a alegria de um relacionamento adulto

Será que?: a dor e a alegria de um relacionamento adulto

Será que? (The F Word, lançado em alguns países como What If?) é um filme de comédia romântica canadense de 2013 dirigido por Michael Dowse baseado na peça Pastas de dentes e cigarros (Toothpaste and Cigars) de TJ Dawe e Michael Rinaldi. O filme tem um elenco de peso.

É estrelado por Daniel Radcliffe (Harry Potter), Zoe Kazan (Ruby Sparks – A Namorada Perfeita), Megan Park (A Nova Cinderela: Era Uma Vez Uma Canção), Adam Driver (Star Wars), Mackenzie Davis (O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio) e Rafe Spall (MIB: Homens de Preto Internacional).

O nome “The F Word” foi alterado para “What if” para ser lançado nos E.U.A., o que abalou o sucesso merecido. A CBS Films mudou o título de lançamento no país norte americano para What If devido à Motion Picture Association of America (MPAA) questionar a palavra “suja” implícita na parte “F” (foda-se) do The F Word.

Ele estreou no Festival Internacional de Cinema de Toronto de 2013 em 7 de setembro de 2013 e foi lançado no Canadá em 22 de agosto de 2014. O filme foi indicado para Melhor Filme no 2º Canadian Screen Awards e ganhou o de Roteiro Adaptado.

A premissa é bem simples: dois melhores amigos começam a ter sentimentos um pelo outro. O jovem (Daniel Radcliffe), que abandonou da faculdade de medicina, tenta esconder sua atração por sua nova amiga (Zoe Kazan), uma artista que já tem um namorado.

A comédia romântica tinha absolutamente tudo para ser mais um clichê dentre muitas. Todavia, evita habilmente o pior, quando entra em um território inesperado, comicidade e dramaticidade. Mostra a dor e a alegria de um relacionamento adulto sem romantizar de maneira descabida a relação entre os personagens.

‘Será que?’ certamente mostra o amor verdadeiro de maneira difícil. Para este menino e essa menina, apaixonar-se fortemente por alguém é uma escolha e não um destino. É um amor construído não determinado pelos astros no nascimento. O filme não dá muitas voltas para chegar aonde deveria.

Todos os atores são fantásticos no filme, entregando uma atuação extraordinária. Não obstante, Kazan e Radcliffe fazem uma dupla totalmente envolvente como há muito não se vê. A química entre eles é kafkiana.
Apesar de ser um filme do Canadá ele lembra um pouco o humor britânico, e não somente por ter dois atores ingleses no elenco. O humor é ácido, porém sem subverter em uma comédia pastelão.

Apesar do pouco sucesso, sem a menor dúvida deve ser assistido, goste de comédia romântica ou não.

Total de 100 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?