Roberta Cirne – Roteirista

Roberta Cirne – Roteirista

http://https://youtu.be/kqMpq6We6oE

Conhecendo a Artista
Roberta Cirne  sempre leu muito, principalmente quadrinhos, gosta muito da temática de terror, desde criança, aos 9 anos de idade já escrevia contos de suspense.
Na infância adorava Luluzinha, Bolinha, Almanaques Disney ( principalmente as hqs de Carl Barks, as ambientações da família pato na Escócia Klondike, et.)
Sua mãe sempre a incentivou a ler clássicos da literatura ao longo dos anos, também a auxiliou a criar roteiros, aliados aos desenhos.
A artista já ilustrou mais de 30 projetos de quadrinhos diferentes, trabalhou para diversas editoras nacionais ( Skript, Draco, Zarabatana) e internacionais ( Escorpião Azul em Portugal).
Roberta é uma das únicas quadrinistas mulher que está na ativa, luta para levar a cultura de Pernambuco para outros estados, divulgando o folclore de terror local.

Contribuições no Cenário Nerd 

Exposições:

*Expo Nanquim I- Mostra da arte sequencial- 25/03 a 30/03 de 1996- Biblioteca Pública de Pernambuco. 

*Expo Nanquim II- A Mulher nos Quadrinhos- 04/03 a 10/03 de 1997- Biblioteca Pública de Pernambuco. 

*Hq Brasil- Bienal de Artes e Quadrinhos ABRA( Academia Brasileira de Artes-SP)- classificada.

Centro Cultural de São Paulo- 12/08/1997.

*Pequenos formatos- coletiva 13/05 a 27/05 de 1997. Sociedade Brasil- Estados Unidos. 

*VI Semana de arte da AFTC- Coletiva- 01/12 a 05/12 de 1997- Tribunal de Contas de Pernambuco. 

*I Coletiva dos alunos de artes plásticas- junho de 1998 galeria do centro de Artes da UFPE.

*FIHQ( Festival Internacional de Humor e Quadrinhos de Pernambuco)- classificada -1999.

*I FIQ! UAI (Festival de Humor e Quadrinhos de Belo Horizonte)- classificada e expositora de outro trabalho na seção dedicada aos grandes desenhistas de Quadrinhos de Pernambuco- Curadoria de Lailson de Holanda Cavalcante- 1999.

*III FIHQ( Festival Internacional de Humor e Quadrinhos de Pernambuco)classificada 2001.

*IV FIHQ( Festival Internacional de Humor e Quadrinhos de Pernambuco)classificada 2002.

*V FIHQ ( Festival Internacional de Humor e Quadrinhos de Pernambuco) classificada 2003.

*Exposição sobre saúde auditiva durante a semana de saúde auditiva na Santista Têxtil do Nordeste 2004.

Roberta Trabalhou em Passos Perdidos, Afro Hq e Herois da Restauração em parceria com roteirista e historiador, basicamente fez a parte gráfica das hqs.

Imagem cedida por Roberta Cirino.

Frutos da Artista 

As hqs de Sombras do Recife são roteirizadas e desenhadas pela artista, toda a parte literária, histórica e design. Demora cerca de dois meses para transformar o roteiro já existente em rascunhos, a pesquisa de vestuário, móveis e ruas( basicamente ruas que não existem mais, um resgate da topografia da cidade atual).

Álbuns Lançados: 

2006- Passos Perdidos, História Desenhada v.1( Prêmio Hq Mix de Maior Contribuição 2009)

2008- Passos Perdidos, História Desenhada v.1( republicação) e volumes 2, 3 e 4. Bíblia em Quadrinhos Chesf.

2009- Herois da Restauração Pernambucana

2011- Afro Hq.

2017- Sketchbook Custom Criativo.

2018- Revista Sombras de Recife v.1( Autoral)

Gibi de Menininha( Coletânea de Zarabatana)

Gibi de Menininha 2- O Faroeste é mais Embaixo ( Coletânea ed. Zarabatana.

Tarô do Folclore Artbook e deck( agosto de 2019)

O Rancho do Corvo Dourado( dezembro de 2019)

Livro Mulheres e Quadrinhos ( Ed. Skript)

Livro Sombras do Recife- A Presença Dela volume 1( Editora Mona).

Lançados na CCXP Worlds 2020

Dezembro de 2020- Assombrações do Recife Novo- Pitadas de Sombras do Recife. 

Dezembro de 2020- Artbook Assombrações de Pernambuco. 

Lançados em 2021

Gibi de Menininha: Dóris( Independente/ Marcatti).

Isso é Coisa de Mulher! ( Organização Eliane Bomadio- História Marido Ideal- arte e roteiro)

Não Ligue, Isso é coisa de Mulher ( independente- coletânea em quadrinhos)

Babalon, a grande mãe ( Ed. Draco- quadrinhos – coletânea)

Dóris- gibi de Menininha

Apresenta ( arte Roberta Cirne roteiro; Dane Taranha) Quadrinhos Independentes 

Não existem Humanos Inteligentes ( literatura- coletânea)

América Fantástica ( literatura- coletânea)

Inspirações 

A roteirista admira muito a Arte Nouveau, Mucha e outros da Belle Époque: Norman Rockwell e também Alex Ross, na literatura gosta de Edgar Alan Poe, Stephen King e Anne Rice.

Redes Sociais 

Acompanhe o trabalho da Roberta no Facebook:

https://www.facebook.com/sombrasdorecif

Instagram: https://instagram.com/sombrasdorecife?igshid=YmMyMTA2M2Y=

Site: https://sombrasdorecife.com.br/

Projetos Futuros 

Obras que Roberta Cirne planeja lançar na CCXP 2022:

Assombrações do Pernambuco Velho volume 1( livro autoral ilustrado)

O Esqueleto ( adaptação para quadrinhos da obra de Carneiro Vilela) Independente 

Gibi de Menininha 3 Contos de Fadas ( Organização: Germana Viana)

Dossiê Bizarro 3( roteiro de Rogério Saladeiro/ Sript)

Não Tema isso é Coisa de Mulher volume 2 ( Organização: Eliane Bonadio/ PROAC 22)

Fractal( roteiro e arte: Roberta Cirne/ Organização Pedro Ponzo)

Biografias Magickas( Capa- Skript)

O Pássaro Azul- Escafandro – Ultimato do Bacon( roteiro e arte)

A Perna Cabeluda( independente) Roteiro e arte: Roberta Cirne. 

Prêmios 

A artista ganhou vários prêmios:

Ganhadora do Hq Mix em 2007 por Passos Perdidos, História Desenhada como Maior Contribuição para os Quadrinhos ( Prêmio da Banca)

Primeira revista em quadrinhos a ser lançada dentro da Academia Pernambucana de Letras ( desde sua fundação em 1906)

Ganhadora da Hq Mix 2018 por Gibi de Menininha 1( Várias Autoras- org. Germana Viana ).

Indicada a 4 Hq Mix 2019( Gibi de Menininha 2- duas indicações/ Mulheres e Quadrinhos- duas indicações).

 

 

Total de 165 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?