O Cavaleiro Preso na Armadura – Robert Fisher

O Cavaleiro Preso na Armadura – Robert Fisher

Sinopse:

 

        Uma fábula para quem busca a trilha da verdade. O cavaleiro preso na armadura é um conto cativante que traz muita sabedoria de vida ao melhor estilo de Fernão Capelo Gaivota e O pequeno príncipe. O cavaleiro que protagoniza esta fábula vive em busca do seu verdadeiro eu, mas não encontra as verdades que procura por estar sempre preso em sua armadura pronto para guerrear. A história funciona como uma orientação para adultos e jovens que acabam se distanciando dos amigos e da família, seja por estabelecerem outras prioridades, ou simplesmente por não saberem como demonstrar carinho. O cavaleiro mais corajoso do reino. Um homem sempre pronto para qualquer batalha, disposto a defender sua honra e ajudar quem fosse preciso. Sua armadura, lustrosa e imponente, era a única imagem que todos enxergavam no cavaleiro, até mesmo sua mulher e seu filho. O cavaleiro preso na armadura narra a dificuldade que muitas vezes temos em nos mostrar exatamente como somos, em baixar nossas armas e revelar nosso rosto. O homem desta fábula acaba sem querer se distanciando das pessoas que ama e perdendo sua verdadeira identidade. E quando percebe que não consegue mais se desvencilhar da armadura, parte em busca de seu eu esquecido no tempo, perdido nas guerras e na frieza dos sentimentos. Percorrendo a Trilha da Verdade, ele segue rumo ao autoconhecimento, buscando sua verdadeira face há tempos escondida, e reencontrando o sentimento que havia guardado na armadura por toda a vida. Uma fábula atual, assim é O cavaleiro preso na armadura, que fala diretamente a todos que se sentem presos aos compromissos e responsabilidades do mundo moderno, esquecendo aqueles que amam e deixando de lado seus verdadeiros desejos.

 

Autor: Robert Fisher.

 

 

 

Robert Fisher escreveu muitos shows para a Broadway e roteiros para o cinema. Um dos mais prolíficos autores de sitcoms, suas comédias foram bastante populares nos Estados Unidos, assim como as centenas de programas para o rádio e para a televisão, entre eles Alice, Good Times, All in the Family e The Jeffersons. Fisher morreu em 2008. (Grupo Editorial Record)

 

 

Livro e Resenha: O Cavaleiro Preso na Armadura.

 

 

 

 

“Desde que Fernão Capelo Gaivota encantou o público pela primeira vez, não houve uma fábula tão cativante quanto O cavaleiro preso na armadura O cavaleiro mais corajoso do reino. Um homem sempre pronto para qualquer batalha, disposto a defender sua honra e prestar ajuda a quem precise.”

“Uma fábula atual, assim é O cavaleiro preso na armadura, que fala diretamente a todos que se sentem presos aos compromissos e responsabilidades do mundo moderno, esquecendo aqueles que amam e deixando de lado seus verdadeiros desejos.”

Esses trechos destacam de forma simples a profundidade da narrativa.

O caminho para conhecer a si mesmo. Se livrar das amarras que criamos para nós mesmos. Está narrativa nos leva a questionar nosso sentido. Parar de culpar os outros e reconhecer que a culpa e defeitos são nossas. Altamente recomendado para todos.

Com linguagem simples e de maneira lúdica. O cavaleiro tem maravilhosas companhias. O pombo Rebeca e o Esquilo que juntos trazem sua dose de ensinamentos e lições. Além do mago Merlin. Ao longo da narrativa percebemos que a armadura se tornou uma prisão e, ao mesmo tempo, fachada. Construída pelo próprio cavaleiro para trancafiar seus medos e sentimentos. Motivado por força maior o cavaleiro parte em sua jornada para se libertar da sua própria prisão. Ao longo da campanha ele vai perdendo parte por parte da armadura. E, junto vai aprendendo a se amar, reconhecer suas fraquezas, libertar seu “eu” verdadeiro e dar valor nas pessoas ao seu redor.

Livro pequeno carregado de frases de efeito, ensinamentos, reflexões e mudanças drásticas. O cavaleiro para aqueles que buscam enfrentar seus desafios pode servir de inspiração, se as pessoas adquirirem a habilidade para aprender com as experiências narradas para mudar a partir disso. Logo o livro funciona como uma espécie de autoajuda.

Conheça a si mesmo, observando nossas emoções e escolhas. Talvez não vamos agradar do tipo de pessoa que somos.

Sempre temos um escolha e sempre podemos mudar. Ame a si mesmo (a). Cuidar da sua saúde física e mental. Muitos dizem que se ama, mas não para de beber, fumar, dormir em horário errado, não faz exercícios, aos poucos acabam se prejudicando. O amor por você mesmo pode ser manifestado por diversas formas. Não precisamos provar nossas qualidade a ninguém, pois conhecemos a arvore pelo fruto e não pelo nome. São muitas as lições que adquirimos ao ler esta gloriosa obra.

 

Total de 948 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?