Mortal Kombat: diretor do filme diz que violência está no limite

Mortal Kombat: diretor do filme diz que violência está no limite

O primeiro trailer do novo filme baseado na franquia Mortal Kombat já mostrou que ele tenta ser bem fiel a vários aspectos dos jogos da série. Só que o diretor Simon McQuoid garantiu que sua equipe foi além no quesito da violência exibida no longa-metragem e que tentaram empurrá-la ao limite do que é considerável razoável no cinema.

Segundo McQuoid, eles sempre souberam que o filme teria a maior classificação etária possível, então decidiram se aproveitar um pouco mais disso para explorar as possibilidades do que era possível fazer com as cenas de lutas e as recriações de fatalities, aqueles golpes finais característicos da série.

De acordo com as informações liberadas anteriormente, o filme será lançado nos cinemas e na plataforma HBO Max simultaneamente. Então, você poderá escolher se prefere aproveitar a obra em casa ou nas telonas. Felizmente, nem teremos que esperar muito para isso, já que o lançamento está marcado para o dia 16 de abril deste ano.

Vale ressaltar que a primeira adaptação cinematográfica de Mortal Kombat chegou aos cinemas em 1995 e tinha uma classificação etária para adolescentes, então não contava com uma linguagem muito adulta e nem tinha cenas de violência tão explicitas ou fortes. Apesar disso e dos críticos terem detonado o filme, ele fez um sucesso enorme no mundo todo e nos garantiu uma das melhores músicas tema imagináveis. Basta esperar para ver se essa nova adaptação vai conseguir repetir a dose.

Total de 40 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?