Francélia Pereira- Quadrinista

Francélia Pereira- Quadrinista

Antes de fazer parte do site Ventrue Noob eu já admirava as Séries Alagoanidade e Brasil Nerd ,  cada live conhecia um artista nacional diferente, é uma honra escrever sobre cada um deles, dessa vez vamos conhecer a quadrinista Francélia Pereira.

Conhecendo a Artista

Francélia é mineira, tem 44 anos, trabalhou com várias atividades diferentes durante a vida, sempre foi fã de arte, entre os 21 e 25 anos se aventurou na música tocando contrabaixo, primeiro em uma banda grunge e depois em uma banda autoral de heavy metal.

Fez pedagogia na UFMG, mas não concluiu, depois fez Letras, não concluiu por conta de uma matéria pendente do estágio obrigatório. Ela ama mitologia, depois de pesquisar sobre o assunto fez sânscristo, iniciou um curso de grego antigo, mas desistiu por falta de dinheiro.

Durante toda a trajetória da quadrinista ela sempre se envolveu com atividades que a fizeram refletir muito sobre a questão da linguagem isso ficou mais evidente no tempo que cursou informática industrial. Enquanto a artista aprendia linguagens de máquina sua mente associava tudo a linguagem e várias questões foram surgindo e encaminhando a jornada na literatura que atua desde 2014.

Contribuições no Cenário Nerd

Para a artista sua maior contribuição é o gênero light novel, o gênero que ela escolheu trabalhar nos livros, apresentando obras com uma linguagem mais brasileira, temas brasileiros, utilizando ilustrações com traço ocidental, tornando o gênero popular.

Frutos da Artista

O livro Habitantes do Cosmos, arte de Tom Lima e o quadrinho com o mesmo título. A Hq Artemísia- O Muiraquitã Original recebeu uma indicação ao Troféu Ângelo Agostini em 2019, na categoria de melhor lançamento de 2018.

Inspirações

A maior inspiração para Francélia é Alan Moore.

Redes Sociais

Instagram: Francélia.Pereira, Facebook: Habitantes do Cosmos.

Projetos Futuros

Francélia Pereira é uma mulher que produz muito, ainda bem, rs., seus projetos futuros são: lançamento do livro 4 da série Habitantes do Cosmos pela editora de quadrinhos Graphite, projeto do quadrinho Artemísia, projeto com o artista Rom Freire, ambos sem previsão de lançamento.

A mineira está desenvolvendo com Eduardo Vienna Uma História com o Corpo Seco( sem relação com Cidade Invisível) e uma história de terror, que está em discussão.

Para 2022 a quadrinista está escrevendo uma trilogia.

Total de 61 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?