Diggle no Arrowverse 2021: um esquenta para Armageddon?

Diggle no Arrowverse 2021: um esquenta para Armageddon?

Um dos grandes destaques dessa temporada 2021 do arrowverse foram as diversas participações de Diggle, principalmente por ter sido o mais perto de um crossover, em meio ao ano em que os aguardados grandes eventos tiveram que ser reformulados.

Nos quatro episódios que ele participou, em cada fala e detalhe da interpretação, deram as pistas para bem entender o personagem, já que, na ultima aparição dele, que foi no series finale de Arrow, antes de sair de Star City, ele encontrou uma caixa vinda do espaço e, ao abrir, tinha um brilho verde dentro dela.

Acompanhe a seguir a trajetória dele nessa temporada, onde foi observado cada detalhe dessas participações:

 

Vivendo em Metropolis com sua família e trabalhando na ARGUS de lá, passa a ter dores de cabeça. O que o leva para Gotham, onde o setor de neurologia é o melhor do país.

Na estadia, ele vai a um bar de policiais, onde encontra Luke Fox, que foi jogar pôquer contra o agente Tavaroff, e Diggle também está jogando. Após Luke ganhar e Tavaroff o confrontar fora do bar, Diggle aparta a briga e orienta Luke, que está desolado diante da experiência que teve de, ao estar em coma, ter visto seu pai e, também, estar com raiva, tanto por não querer ter voltado à vida, tanto por viver num mundo onde ele é baleado pela cor de sua pele. Isso o ajuda a ganhar novo sentido na vida, principalmente quando ele encontrou a armadura do Batwing, feita pelo seu pai, Lucius Fox.

Depois disso, em Central City, durante a guerra civil dos Godspeed que estava perturbando a cidade, Barry pede ajuda de Cisco na ARGUS com algo para ajudar. É então que Diggle aparece com o equipamento. Lá, ele fica admirável com a evolução do time Flash, com o novo papel de Cecile no time, assim como os novatos Chester e Allegra.

As dores de cabeça ainda estão presentes, e preocupantes, já que não foi detectado nada de anormal pelos neurologistas de Gotham. Mesmo assim, ele se coloca para ajudar o time na luta, voltando a ser o Espartano.

Quando Cecile o leva como reforço na busca por August Heart, ele tem uma dor de cabeça forte e, quando ela lê sua mente, percebe ser algo grande, como uma tempestade, e a frase “mundos esperam” sendo repetida varias vezes.

Percebendo que não pode mais adiar, principalmente por ter quase sido atacado enquanto teve uma dor de cabeça, ele vai embora, mesmo com Barry achando que o reforço dele seria de grande ajuda.

Tempo depois, em Smallville, quando John Smith Irons precisava de um equipamento especifico que o general Lane pede a ARGUS, Diggle o leva. Porém, ele fica indignado quando descobre, por Lois, que seria para uma arma para enfraquecer o Superman, facilitando mata-lo. Além desse choque, ele também se deparou com o fato de John ser de outra Terra. Porém, numa conversa com o general, Diggle revela que deixou de lado sósias, outras terras e caixas brilhantes.

Passado um tempo, quando Kelly Olsen liga para seu irmão pedindo ajuda, ele envia Diggle para National City. Ele a conforta e a orienta em relação ao fato de estar cansada da negligencia para com os marginalizados, inclusive dos próprios Super amigos, que estão preocupados com a ameaça de Nyxly. Nisso, Diggle a revela que poderia ter se tornado num tipo especial de herói, porém isso exigiria que se afastasse de Lyla, seus filhos(J.J e Sara) e todos que ele ama. Isso o fez questionar que tipo de herói ele queria ser e retruca a questão para Kelly, o que a ajuda a se torna, de vez, na Guardiã.

Quando está para se despedir dela, cita uma fala de Jefferson Pierce, o Raio negro: “Não seja um herói para as pessoas, seja um herói pelas pessoas”.

Enquanto sai da Torre, Brainiac 5 pergunta se Diggle está voltando para Metropolis, além de confirmar, ele fala “Mundos esperam”, com Brainiac 5 entendendo do que se trata e sabendo o que acontecerá com ele.

Apesar de não revelar, afinal, o conteúdo da caixa, a participação apresenta uma notável transição do personagem que, apesar de não aparecer em cena, pode-se entender pelo subtexto de suas falas e atitudes, chegando à dedução que ele recebeu o chamado, descobriu o que é, o negou e, por fim, entendeu que terá que o confrontar.

Também é interessante notar a proximidade com Luke, Cecile e Kelly. Não se sabe se essa aproximação foi mero acaso, ou foi proposital.

Quanto a possibilidade dele se tornar no Lanterna verde, ainda pode ser tratada como incerteza, assim sendo, um rumor.

Também não se sabe quando será a próxima aparição dele, nem se ele estará em Armageddon, o próximo crossover, que será nos primeiros 5 episódios da 8ª temporada de Flash, com o time Flash enfrentando a ameaça alienígena de Despero, que os levará ao limite, necessitando contar com reforços de aliados (Atomo I, Raio negro, Batwoman II, Sentinela, Arqueira verde e Atomo II(Ryan Choi)) e de inimigos (Flash reverso e Damien Dhark).

O season premiere de Flash, assim como o primeiro episódio de Armageddon, será no dia 17 de novembro. Ainda não se sabe se todos os episódios serão exibidos nesse ano, ou o final do crossover será ano que vem.

Total de 174 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?