CBLOL 2021 – Primeira Etapa: Escalações dos times

CBLOL 2021 – Primeira Etapa: Escalações dos times

É hora de conhecer os jogadores, jogadoras e técnicos da Primeira Etapa de 2021, CBLOL e Academy

As 10 organizações que participarão da Primeira Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) em 2021 têm definidos todos os jogadores inscritos para a competição. Após o fechamento da Janela de Transferências, que se deu às 23h59 do dia 14 de dezembro, nossa equipe de Oficiais analisou todos os documentos e, abaixo, temos os nomes oficializados tanto para a disputa do CBLOL quanto para o Academy.

Vale lembrar que jogadores que tenham atuado no CB só poderão ser escalados na formação do CB Academy após ficar duas rodadas do CB sem atuar. Jogadores que tenham atuado no CB Academy poderão ser escalados na formação do CB sem a obrigatoriedade de aguardar partidas para atuar.

Estarão na disputa: Cruzeiro eSports (CRZ), Flamengo Esports (FLA), FURIA (FUR), INTZ (ITZ), KaBuM! Esports (KBM), LOUD (LLL), RED Canids Kalunga (RED), paiN Gaming (PNG), RENSGA (RNS) e Vorax Esports (VRX).

Cruzeiro eSports

Topo: Alexandre “Truklax” Nascimento

Topo: Carlos “Reversed” Jayme

Caçador: Diego “Sephis” Alencar

Caçador: Luis Gustavo “Sting” Dirami

Caçador: Vitor “Small” Le

Meio: Ariel “Ari” Lino

Meio: Elvis “Piloto” Vergara

Meio: Júlio “NOsFerus” Cruz

Atirador: Douglas “Raiden” Santos

Atirador: Pablo “pbO” Tokuo

Suporte: Gabriel “Hawk” Gomes

Suporte: Larissa “Lawi” Santos

Técnico CBLOL: Erick “furyz” Pereira

Técnico CBLOL: Iago “Politico” Cerqueira

Técnico Academy: Pedro “Sand” Trindade

Técnico Academy: Tallison “Tallick” Maik

 

Uma das novidades do CBLOL 2021, o Cruzeiro traz o peso de seu nome dos esportes tradicionais e uma torcida regional e nacional apaixonadíssima. Além disso, também chega com um elenco promissor: Sting, NOsFerus e Hawk mostraram que têm talento ao longo de 2020, com picos de desempenho fortes. Ainda precisam se provar de forma definitiva, e terão uma boa oportunidade de fazer isso no azul-celeste de Minas Gerais. pbO é a voz da experiência no elenco, já tendo sido ele mesmo apontado como promessa no passado, e deverá exercer um papel importante no grupo.

Flamengo Esports

Topo: Cauã “Cacah” Araujo

Topo: Sangwon “Parang” Lee

Caçador: Artur “scary” Scalabrin

Caçador: Filipe “Ranger” Brombilla

Caçador: Wyllian “asta” Adriano

Meio: Arthur “Tutsz” Machado

Meio: Bruno “Goku” Miyaguchi

Meio: Matheus “Blacky” Lessa

Atirador: Lucas “Netuno” Flôres

Atirador: Luis Felipe “Absolut” Carvalho

Suporte: Gabriel “Bounty” Donner

Suporte: Ygor “RedBert” Flores

Técnico CBLOL: Serdar “Pades” Padeş

Técnico Academy: Guilherme “Kake” Braga

 

O Flamengo montou uma seleção fortíssima. Absolut e RedBert reeditam a dupla vitoriosa dos tempos áureos da Team oNe, quando foram campeões do CBLOL 2017 – Segunda Etapa, e o Suporte volta a jogar com ranger, trazendo de volta a antiga sinergia dos tempos de Big Gods. O trio de mid laners é robusto, com o novato, porém já campeão Tutsz provavelmente na dianteira, e Goku e Blacky agregando bastante. Fechando com chave de ouro, Parang, algoz do FLA na Primeira Etapa de 2020, junta-se aos Rubro-Negros para buscar a taça que ele mesmo os negou no passado.

FURIA

Topo: Javier “Skeeto” Nicoletti

Topo: Norberto “Betao” Oliveira

Topo: William “Tyrin” Portugal

Caçador: Gabriel “Goot” da Luz

Caçador: Ignacio “Follow” Anderson

Meio: Eduardo ” Aslan” Nunes

Meio: João “Kick” Rosas

Meio: Ruan “Anyyy” Silva

Atirador: Miguel “ST3PZ” Rezek

Atirador: Pedro “Beenie” Rodrigues

Suporte: Fábio “ProDelta” Marques

Suporte: Yan “Damage” Sales

Técnico CBLOL: Lucas “BeellzY” Souza

Técnico Academy: Leonardo “Maze” Falcão

 

A FURIA se remodelou para esta nova era do CBLOL, enxergando algumas peças fundamentais em seu antigo elenco e buscando uma renovação a partir delas. Já veteranos e parceiros de longa data, Anyyy e Damage continuam sendo a cara do elenco da FURIA, tendo subido com a organização que seria incorporada pela gigante brasileira. Mais maduro, Tyrin é um nome para se ficar de olho. Além desses ST3PZ (com o nick um pouquinho diferente) e ProDelta continuam no roster. A FURIA aposta bastante em talentos e promessas nacionais ao redor desses nomes, repetindo a fórmula que está no DNA da organização.

INTZ

Topo: Arthur “SkB” Cruz

Topo: Felipe “Boal” Boal

Caçador: Gabriel “Revolta” Henud

Caçador: João Vitor “Zuao” Morais

Caçador: Leonardo “ Gragolandia” Brito

Meio: Bruno “Envy” Farias

Meio: Gustavo “Hanor” Yokota

Meio: Tainá “Yatsu” dos Santos

Atirador: Guilherme “Mills” Conti

Atirador: Leandro “Taara” Monteiro

Atirador: Micael “micaO” Rodrigues

Suporte: Leonardo “Gyeong” de Lima

Suporte: Victor “Cabu” Oliveira

Técnico CBLOL: Lucas “Maestro” Pierre

Técnico CBLOL: Luiz “ONMETA” Junior

Técnico Academy: José Roberto “Road” Rocha

 

Os Intrépidos mais saudosos têm motivos de sobra para comemorar. Revolta, que ajudou o clube a conquistar três de suas cinco taças de CBLOL, faz seu retorno triunfal ao clube, voltando a jogar junto de micaO; duas partes do lendário Exodia, em uma etapa inteiramente diferente de suas carreiras. Cabu vem da RED para completar a rota inferior, uma adição muito importante. Vale destacar também a presença de Boal (antigo Bankai), que apareceu no Flamengo e mostrou-se promissor, mas não despontou. Agora, sob tutela de Maestro e a fortíssima comissão Intrépida, é um jogador para se ficar de olho. A presença de Yatsu também chama atenção: a jogadora vem se desenvolvendo na base há certo tempo e agora terá a chance de provar seu valor.

KaBuM! Esports

Topo: Choi “Wizer” Euiseok

Topo: Renan “Bankai” Pirone

Caçador: Lee “Ryan” Junseok

Caçador: Roger “Mousty” Wiegand

Meio: Danniel “Evrot” Franco

Meio: Diogenes “Dioge” Bispo

Meio: João Pedro “Titeito” Sobreira

Atirador: David “Disave” de Sá

Atirador: Gabriel “Stankie” Fernandes

Atirador: Nicholas “Sneez” Nunes

Suporte: Gabriel “Scuro” Scuro

Suporte: Matheus “Professor” Leirião

Técnico CBLOL: Jean “Nuddle” Francois

Técnico Academy: Rafael “Lemillion” Albuquerque

 

A tetracampeã KaBuM! Destaca-se na formação de jogadores, então é bom ficar de olho em todo e qualquer nome que você não conheça neste elenco, qualquer um deles pode despontar sob a instrução dos Ninjas. Dos rostos conhecidos, alguns são chave: Professor promete exercer papel de liderança, tanto dentro quanto fora de jogo, guiando o time rumo ao sonhado penta. Disave, cria da casa, já teve bons momentos pontuais com o clube e agora ganha espaço para desenvolver ainda mais seu jogo, e fechamos com a dupla coreana Wizer, já conhecido e ídolo dos Ninjas, e Ryan, que se a fórmula KaBuM! Funcionar, está a caminho de também o ser.

LOUD

Topo: Leonardo “Hidan” Borré

Topo: Rodrigo “Tay” Panisa

Caçador: Elizabeth “Liz” Sousa

Caçador: Finn-Lukas “Don Arts” Salomon

Caçador: Mateus “Mewkyo” Ferraz

Meio: Lucas “Aithusa” Mantese

Meio: Matheus “dyNquedo” Rossini

Atirador: Diego “Brance” Antunes

Atirador: Igor “DudsTheBoy” Homem

Atirador: Victor “Vitin” Ruiz

Suporte: Denilson “Ceos” Oliveira

Suporte: Victor “Vahvel” Vieira

Técnico CBLOL: Luqman “Crowe” Abdullah

Técnico CBLOL: Rafael “RafaP” Pinheiro

Técnico Academy: Gabriel “Loreviz” Loureiro

Técnico Academy: Lucas “k0ga” Godoy

 

Prometendo fazer muito barulho no Campeonato Brasileiro de League of Legends, a LOUD chega com quatro jogadores que já levantaram a taça nos últimos anos. DudsTheBoy e Ceos mantiveram a parceria que levou a KaBuM! Ao triunfo no primeiro split de 2019, agora fazendo o L. Tay vem de uma experiência vitoriosa que deu dois títulos à INTZ – mesmo número de vezes que Dynquedo foi campeão no cenário competitivo nacional. Aliando experiência e juventude, a organização tenta se provar marcante desde seus primeiros passos no LoL.

RED Canids Kalunga

Topo: Guilherme “Guigo” Ruiz

Topo: Gustavo “Name” Rodrigues

Topo: Pedro “Shaquinn” Salazar

Caçador: Andrew “Neephesto” Correa

Caçador: Gabriel “Aegis” Lemos

Meio: Adriano “Avenger” Perassoli

Meio: Daniel “Grevthar” Ferreira

Atirador: Alexandre “TitaN” dos Santos

Atirador: Guilherme “Guirila” Cardoso

Atirador: Luiz “Flare” Soares

Suporte: Gabriel “JoJo” de Oliveira

Suporte: Vinicius “Woodboy” Hartmann

Técnico CBLOL: Calisto “Coelho” Clavé

Técnico Academy: Handryus “Joker” Marques

 

A Matilha ficou dois anos longe do CBLOL, mas apostou na base e conquistou o Circuito Desafiante justamente no último split antes da implantação das parcerias a longo prazo. A organização cravou em seu DNA a formação de novos atletas como uma prioridade e manteve essa ideia para 2021. Bicampeão em 2018 pela KaBuM!, TitaN é o tom da experiência em meio a um elenco que busca provar como o trabalho visando o futuro pode se transformar em resultados relevantes e dar ao cenário nacional novos talentos e ídolos.

paiN Gaming

Topo: Filipe “UnderSky” Nasser

Topo: Leonardo “Robo” Souza

Caçador: André Vinicius “Mayakuza” Maia

Caçador: Lucas “AcceZ” Miranda

Caçador: Marcos “CarioK” Oliveira

Meio: Luan “Tkk” Santos

Meio: Thiago Augusto “Qats” Fernandes

Meio: Thiago “tinowns” Sartori

Atirador: Felipe “brTT” Gonçalves

Atirador: Marcelo “Griff” Quidiguino

Suporte: Giuliano “YoruJoy” Inazawa

Suporte: Han “Luci” Chang-hoon

Técnico CBLOL: Ahmet “Nova” Yılmaz

Técnico CBLOL: João “Dionrray” Pedro Barbosa

Técnico Academy: Eduardo “Doran” Correa

Embora não tenha conquistado o título neste ano, a paiN Gaming mostrou consistência no segundo semestre. Por isso, manteve quatro de seus cinco titulares da última etapa – incluindo Thiago “Tinowns”, eleito melhor meio, Craque da Galera e melhor jogador no último Prêmio CBLOL. Única equipe que estava presente na primeira edição do torneio e também estará na próxima temporada, a organização tenta, em 2021, voltar a levantar o troféu com o qual se encontrou de forma inesquecível em 2013 e 2015.

RENSGA

Topo: Bruno “Kennedys” Garcia

Topo: Thiago “Kiari” Campos

Caçador: Felipe “Fiennes” Ribeiro

Caçador: Leonardo “Erasus” Faria

Caçador: Lucas “Froststrike” Valverde

Meio: Bruno “HAUZ” Ferreira

Meio: Eneas “Enga” Protti

Atirador: Matheus “Trigo” Nóbrega

Atirador: Vinícius “Bydeki” Hideki

Suporte: Gabriela “Harumi” Silvério

Suporte: Moyses “Klyon” Vieira

Suporte: Pedro “Zirigui” Vilarinho

Técnico CBLOL: Erick “Kratz” Mantovani

Técnico CBLOL: Renato “Raven” Dimas

Técnico Academy: André “Ti0ben” Martinez

Técnico Academy: Nuno “Wh1sper” Gonçalo

 

Os Cowboys vão te pegar! Com uma forte identidade regional e uma visão também voltada à revelação de talentos, a RENSGA chega ao CBLOL após deixar seu carismático cartão de visitas por meio das participações no Circuito Desafiante. Boa parte do elenco já é conhecida da torcida, mas será a primeira experiência de muitos jogadores na elite do cenário competitivo. Primeira mulher a disputar um campeonato oficial de LoL da Riot Games, pela própria Rensga, Gabriela “Harumi” foi mantida no grupo e está inscrita para a etapa.

Vorax Esports

Topo: Natan “fNb” Braz

Topo: Yuri “Yupps” Petermann

Caçador: Pedro “Disamis” Gonçalves

Caçador: Yan “Yampi” Petermann

Meio: Leonardo “Lynkez” Cassuci

Meio: Marcos “Krastyel” Ferraz

Meio: Nélio “Thunder” Pereira

Atirador: Pedro “Matsukaze” Gama

Atirador: Raphael “Ravenzin” Sancio

Suporte: Alexandre “Cavalo” Silva

Suporte: Pedro “scamber” Maximiniano

Suporte: Willyan “Wos” Bonpam

Técnico CBLOL: Leonardo “Alocs” Belo

Técnico CBLOL: Rodrigo “Kalec” Studart

Técnico Academy: Hugo “Galfi” Garcia

Técnico Academy: Márcio “Eryon” Reis

 

A união entre Prodigy e Falkol resultou no nascimento de uma nova organização para disputar o CBLOL em 2021. À exceção de Dynquedo e Garo, a base do elenco da PRG, que chegou à semifinal do último split e por pouco não foi à decisão, acabou mantida – bem como a comissão técnica formada pelos experientes Kalec e Alocs. Para suprir o espaço no meio e na vaga de atirador, chegaram Krastyel e Matsukaze, respectivamente. Destaque também para a contratação de Yupps, irmão de Yampi, que ser

Total de 17 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?