As inovações da franquia Power rangers

As inovações da franquia Power rangers

Próximo de estrear sua 28ª temporada, Power rangers, de fato, começa a entrar em sua fase Hasbro, isso porque, por mais que Morfagem feroz tenha sido a primeira com o redesign da marca e a ser feita pela empresa, as duas temporadas foram parcialmente feitas pela Neo-Saban. Assim sendo, Dino Fury será a primeira totalmente desenvolvida pela Hasbro.

E os planos não se limitarão a serie, mas também ao inicio de um universo compartilhado, que incluirá o novo filme e uma animação, num caminho similar ao do MCU, onde Jonathan Entwistle, showrunner de “The end of the f-king world” e “I´m not okay with is”, será como o Kevin Feige na Marvel Studios.

Um rumor, sobre esse novo momento, é que Dino Fury pode ser a ultima a ser adaptada de um Super sentai, o que significa a intenção de series com caminhos mais originais.

Uma nova era que está tendo inicio e, diante de um futuro que mira a originalidade e expansão, valem destacar momentos em que a serie inovou, se diferenciando da serie Super sentai original, sendo até pioneiro em algumas coisas tradicionais do gênero. Confira a seguir:

 

Extensão das tramas

Enquanto as series Super sentai possuem, geralmente, cerca de 50 episódios onde se encerra a trama, a popularidade de Power rangers fez a serie ter mais episódios e, assim, estendendo mais a trama.

Porém, enquanto a transição para adaptar elementos de Dairanger fez a trama seguir de maneira natural, com os zords se tornando nos Thunderzords, as seguintes precisaram de mudanças mais drásticas, como Kakuranger, que era de temática ninja, foi preciso remodelar a história, com os rangers ganhando poderes ninjas.

Nessa extensão, todo o arco Mighty morphin se prolongou em seis temporadas, sendo concluído com No Espaço.

Tramas com extensões só voltaram a acontecer duas vezes. Em megaforce, que é a única da era Neo Saban a adaptar dois Super sentai, um em megaforce e, o segundo, em Super Megaforce, que foram distintos, porém com os mesmos rangers.

A segunda vez foi em Morfagem Feroz, que, além de mencionar Rita Repulsa e Sledge, e ter como trama o uso do Morph-X, uma forma de energia vinda da Rede de morfagem, trouxe o vilão Evox, que foi revelado ser o vírus Venjix, vilão de Power rangers RPM que devastou a Terra daquele universo, que foi combinado com o DNA de cobra, usando um dos morfadores RPM por Nate quando criança.

Nos elogiados quadrinhos, a trama de Mighty morphin tem sido continuada e melhor explorada, trazendo, porém, elementos novos, como o vilão Lord Drakkon e o universo dos sem moedas. Também trouxe o mega crossover “Shattered Grid” (Rede despedaçada), que envolveu todas as tramas até o presente e, tendo papeis principais, Jen Scott, a força do tempo rosa e Lauren Shiba, a Samurai vermelha.

 

Rangers que usaram mais de um uniforme

Somente em Power rangers, um mesmo personagem continuou na serie seguinte (ou temporada seguinte), modificando sua cor de uniforme ou só o uniforme permanecendo com a mesma cor.

Essas mudanças foram massivas na 3ª temporada de Mighty morphin, Zeo, turbo, Espaço e Super megaforce.  Nos quadrinhos, acontece na equipe dos rangers solaris e nos Ômega rangers.

Aquele que teve a maior número de uniformes foi Tommy Oliver, com seis, sendo o Mighty Morphin verde, mighty morphin branco, Ninja branco, Zeo ranger 5 vermelho, turbo vermelho e Dino trovão preto. Em segundo lugar, estão Adam e Kat, com 4 cada, sendo Adam o Mighty Morphin preto, Ninja preto, Zeo ranger 4 verde e turbo verde e Kat, a Mighty morphin rosa, Ninja rosa, Zeo ranger 1 rosa e turbo rosa, sendo ela, além da única mulher a ter usado mais uniformes, como também a única ranger a ter usado vários uniformes da mesma cor.

Enquanto a maioria dos homens mudava de cor e das mulheres permaneciam, houve exceções: Super megaforce, Troy e Noah continuarão, respectivamente, como Vermelho e azul e, em morfagem feroz, além de Blaze e Roxy serem os primeiros rangers vilões a mudarem de uniforme, Roxy foi a primeira ranger a ter duas cores: como avatar, era amarela e, como robô, era violeta.

 

Vilões originais

Apesar de ser uma adaptação, Power rangers também desenvolveu seus próprios vilões, com muitos se tornado icônicos. Entre eles: Lord Zedd, Diva Tox, Astronema, Espectro Negro, Scorpius, Trakkena, Ransik, Mestre Ogro, Lothor, Elsa, Mesogog, Imperador Grumm, Mora, Omni,  Tennaya 7, Sledge, Cosmo Royale e Scrozzle. Além também de Ivan Ooze e Mordant do filme de 1995.

Também houve soldados exclusivos para a franquia: os Tengas, Piranhatrons, Quantuns, Stingwingers e tyranos zangões.

 

Uma mulher como ranger vermelha

Antes que Shikenger apresentasse a primeira red dos Super sentai, em Power rangers SPD, é apresentado o esquadrão A, que foi liderado por Charlie, a ranger vermelha. O fato só foi repetido em Super Samurai, com a chegada de Lauren Shiba.

Já nos quadrinhos, houve outras rangers vermelhas: Grace, da equipe Mighty Morphin de 1969; em power ranger rosa, a francesa Britt se torna na ranger vermelha da equipe feita por Kimberly, e, em Go Go Power rangers, quando Jason e Trini são enviados para outro mundo, seus poderes rangers são trocados, com ela se tornando na ranger vermelha e Jason, no amarelo.

Também nos quadrinhos, numa equipe de rangers sombrios, Rita Repulsa era a vermelha.

 

Uma mulher como líder

Antes de Delphine, a ranger branca e líder dos alien rangers de Aquitar (ou ocean ranger), Kimberly, quando foi parar no velho oeste, liderou uma equipe formada pelos ancestrais de Rocky, Billy, Adam e Aisha.

Ela liderou outras equipes nos quadrinhos, na minissérie Rosa (formada por Zack, Trini e os irmãos Serge e Britt) e, na fase Além da rede (Beyond the grid), ela lidera uma equipe formada por Andros (Do espaço vermelho), Tanya (Zeo ranger 2 amarela), Mike Colbert (Defensor magna), Cam (ninja samurai verde)e Hekyl (dino charge sombrio). Quando estes se tornam nos rangers solaris, são liderados por Elarien, a ranger solaris violeta que, após a conclusão da história, segue como líder.

Outras mulheres lideres na franquia foram Jen Scott e Taylor Earhart, a Força animal amarela.

No próximo filme da equipe, haverá uma mulher como líder, não sabendo se será vermelha.

 

Um líder não vermelho

Na grande maioria das temporadas, a liderança, quase automaticamente, era do vermelho. Mas houve exceções.

Tommy, em seu retorno triunfal como ranger branco, ele também recebe uma nova função, como líder dos rangers.

Outro caso de liderança foi com Adam, que liderou a equipe substituta dos rangers da Operação Ultraveloz, formada por Tori (tempestade ninja azul), Kira (dino trovão amarela), Bridge (SPD vermelho) e Xander (força mística verde), com ele voltando a ser o mighty morphin preto.

Além deles, tiveram Kimberly, Delphine, Jen, Taylor e Elarien.

 

Um homem ranger rosa

Algo inédito até nas series super sentai, o pioneiro foi Daniel, o ranger rosa da equipe 1969.

Outro caso foi Zack, quando ele, Billy e Kimberly foram para outro planeta ajudar Trini e Jason, com o trio também trocando de cor, com Zack sendo o rosa, Billy o preto e Kimberly a azul.

Na equipe de rangers sombrios, Finster foi o rosa.

 

Outras trocas de gênero

Além das já mencionadas nos quadrinhos, onde teve também Terona, o ranger amarelo e Jamie, a ranger preta, ambos da equipe 1969, a franquia é conhecida pelas trocas de gênero dos rangers amarelos que, enquanto no super sentai original eram homens, em Mighty morphin, Galáxia perdida, Resgate, Força do tempo e Força animal, foram mulheres.

Depois de 18 anos, em Dino Fury, haverá uma nova troca de gênero, sendo que dessa vez com o ranger verde, que será mulher.

 

Um ranger homossexual

Na serie não houve um ranger que, abertamente revelou sua sexualidade, só havendo suposições, como a Vida, a Força mística rosa. Só recentemente Michael Taber, que fez o Ryler, o Dino charge verde, confirmou em seu twitter que o personagem era gay.

Já em outras mídias, a história foi diferente, como no filme de 2017, onde Trini revela problemas com namoradas. Nos quadrinhos Beyond of grid (Além da rede), é apresentada Elarien, a ranger solaris violeta e Remi, que se torna na ranger solaris laranja, que são namoradas.

Sabe-se que, para o próximo filme da equipe, o ranger azul deve ser gay. Talvez uma referencie a uma das mais marcantes histórias de bastidores, na saída de David Yost, o Billy, devido a problemas dos demais com sua sexualidade, que ele tinha acabado de assumir.

 

Rangers originais

Embora seja uma adaptação dos super sentai, já foram criados rangers inéditos na serie.

O primeiro caso foi o poder ninja, ganho pelos rangers mighty morphin e que é o único a não ter um capacete. Também o ranger Titanium de o Resgate e, em Fúria da selva, onde os mestres Finn, Phant e Swoop morfaram, se tornando, respectivamente, no ranger tubarão, elefante e morcego.

Nos quadrinhos, além dos rangers Solaris e dos Ômega rangers, também houve novas cores de rangers conhecidos, como o Psyco ranger verde, que foi o ranger super sonic verde.

Também há o caso da webserie Power rangers Hypeforce, que era uma partida de RPG de uma equipe ranger treinada por Jen Scott. Além de ter se tornado canônica, apresenta também o força do tempo prata.

Outro caso de originalidade foi nos jogos. Em Power rangers: Legacy wars, quando chegam os personagens de Street Fighter, também chegou um modo ranger para Ryu que, ao usar o morfador do Crimson Falcon, se torna no ranger Ryu. Depois, foi a vez de Chun-li que ao usar o morfador Blazing Phoenix, se torna na ranger Chun-li.

 

Outras formas de adaptar super sentai

Embora Power rangers tenha na sua estrutura adaptar, diante desse possível corte do cordão umbilical, ainda há outras formas de adaptar e apresentar outras equipes super sentai, como em Super megaforce, quando os rangers usaram poderes de equipes desconhecidas para o público, como os force blitzing (Changeman), prism force (Flashman), mask force (maskman) e Super sonic (Fiveman).

Alias, como falado, Super Sonic já foi levado para os quadrinhos, sendo uma equipe vinda do mesmo planeta do Trip, o força do tempo verde, e que, na sua equipe, tinha o futuro psyco green verde.

Em uma curiosa página dos quadrinhos, que trouxe diversos rangers, aparece a Chamaleon Green de Kyuranger, que não se sabe se será adaptado. O nome chegou a ter um registro, permanecendo o nome original, mas, até o presente, não houve nenhuma noticia sobre.

 

Diante dessa nova fase da Hasbro, e se houver realmente o fim das adaptações de super sentai, algumas dessas inovações devem passar a acontecer com maior frequência.

Total de 108 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?