Games

PLATAFORM DE STREAMING DA GOOGLE PROMETE SER MAIS PODEROSA QUE XBOX ONE X E PS4 PRO JUNTOS.

A Google inovando e avançando

De olho no mercado dos games a Google resolveu a criação da sua própria plataforma de Streaming de jogos de alta fidelidade gráfica. A mesma anunciou seu mais novo recurso no último dia 19, durante a GDC ( Game Developers Conference) 2019. Denominada de Stadia, terá basicamente as mesmas funções de um console, com direito a controle e tudo mais (que podem ser adquiridos separadamente), funcionando para jogar games em qualquer aparelho da Google, incluído o Chromecast, o Pixel ou simplesmente qualquer computador que tenha em sim o navegador da Google instalado. No entanto para que esta venha à funcionar sem problemas será necessário uma conexão de internet ultra potente o que pode vir a ser uma dor de cabeça para os jogadores brasileiros.

A intenção da Google com está plataforma é fazer com que se torne irrelevante o uso de alguns consoles para realização de transmissões de streaming para qualquer dispositivo. Stadia estará funcionando em laptops, smartphones, tablets, desktops, laptops e até mesmo em TV´s inteligentes, abrindo assim um laque imenso de possibilidades para a jogatina, permitido até que o jogador comece em um dispositivo e termine em outro.

Foi levantada durante a demonstração do Project Stream, algumas dúvidas em relação a conexão mínima que seria ideal, depois de feitas algumas observções quanto à plataforma enquanto “rodava” o Assassin’s Creed Odssey que em 50 horas consumiu 300 GB de dados.

A empresa confirmou que o Stadia irá transmitir perfeitamente games em 4K a 60 fps por segundo em HDR e som surround em uma conexão de 25 Mbps. A mesma espera que a plataforma funcione em uma rede 5G em brevemente, mas por enquanto, estará rodando somente por meio de conexões WiFi e cabeadas.

Para garantir  que seus jogadores sentirão a vivenciarão seus jogos em máxima qualidade de processamento de imagem, a Google fez uma parceria com a AMD para criar uma GPU que  será exclusiva para os seus datacenters, oferecendo potência de 10,7 teraflops e, portanto, tornando-se mais poderosa do que as placas de vídeo do Xbox One X (6 tflops) e do PlayStation 4 Pro (4,2 tflops) juntas.

Cada sessão do Stadia será ainda abastecida por um processador x86 de 2,7 GHz e 16 GB de memória RAM, informa a Google. Toda essa combinação proporcionará, no futuro, transmissões de jogo em 8K a 120 fps. A empresa diz ainda que pretende lançar alguns títulos autorais.

É, a Google não está para brincadeira não em.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
1
×
Olá
Podemos ajudar?
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios