Filmes & Seriados

MINISTRO DA CIDADANIA ASSINA COTA PARA FILMES NACIONAIS APÓS POLÊMICA COM VINGADORES

Ultimato ocupou 80% de todas as salas de cinema do Brasil na semana de estreia

Osmar Terra, o Ministro da Cidadania, assinou na segunda-feira (6), a chamada cota de tela, regra que obriga os cinemas brasileiros a exibirem um percentual mínimo de filmes nacionais anualmente. A decisão teria sido motivada pelo fato de que Os Vingadores: Ultimato ocupou 80% das salas de cinema do país inteiro na semana de lançamento.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a informação foi confirmada pela assessoria do próprio ministro e a regra deve ser publicada no Diário Oficial da União até sexta-feira (10), no entanto, ainda não foi confirmada quais serão os valores e nem o número de dias em que as salas de cinema do país devem exibir as produções locais.

Consta na reportagem que houve uma reunião na última sexta-feira (3) para debater o assunto, mas este encontro teria ficado marcado apenas por uma discussão entre o produtor Luiz Carlos Barreto e o presidente da Agência Nacional do Cinema, Christian de Castro.

Infelizmente, algumas coisas absurdas e chatas demais acontecem aqui no Brasil, cabe a nós que não concordamos com isso jamais estar compactuando com essa decisão ridícula, quem tem o seu dinheiro no bolso gasta com o filme que quer, ninguém deve ser obrigado a nada, e nós não temos culpa pelo fato de que as produções internacionais são bem melhores que as nacionais. Parece que o conceito de cota as vezes ridiculariza demais a face do país.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
1
Olá
Podemos ajudar?
Powered by