Games

A Microsoft revela que o xCloud já roda mais de 3.500 jogos!

A Microsoft revelou mais detalhes sobre o seu próximo serviço de streaming de jogos, o xCloud. A empresa afirmou que já tem testado o serviço internamente com os funcionários e aproveitou para revelar que a plataforma já “tem capacidade técnica para transmitir mais de 3.500 jogos”. Isso sem que os desenvolvedores precisem fazer qualquer alteração em seus títulos, promissor não é ?

Os Desenvolvedores de jogos como a Capcom e Paradox estão testando os games no xCloud, antes de passarem para a fase de testes públicos, no final deste ano. “Já implantamos nossos blades projetados do Project xCloud em datacenters em 13 regiões do Azure, com ênfase inicial na proximidade dos principais centros de desenvolvimento de jogos na América do Norte, Ásia e Europa”, explicou o chefe dos jogos na nuvem, Kareem Choudhry. Isso demonstra que a companhia está concentrada nessas regiões do mundo, que são fundamentais para o intuito, concentrando a maior parte do desenvolvimento de jogos e também do público consumidor. O Brasil, neste caso, provavelmente ficaria em segundo plano.

Os desenvolvedores de jogos também poderão ajustá-los ligeiramente para o streaming, permitindo mudanças no tamanho da fonte para exibições menores ou até mesmo hospedando partidas com vários participantes em um único servidor, assim mantem-se o nível de latência baixo. A Microsoft ainda não se pronuncia em nada sobre uma data inicial para a avaliação pública do xCloud, o que talvez pode ser revelado durante a E3 2019, que acontece no próximo mês.

O serviço xCloud concorrerá com o serviço da Sony, chamado de PlayStation Now e até com o Stadia, streaming em nuvem do Google. A Microsoft e a japonesa estão se unindo para o futuro do streaming de jogos em nuvem, mas ainda estarão operando serviços separados para os clientes do PlayStation e do Xbox.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
1
Olá
Podemos ajudar?
Powered by