Disney nega pedido de pai para usar imagem do Homem-Aranha na lápide de seu filho

Disney nega pedido de pai para usar imagem do Homem-Aranha na lápide de seu filho

A Disney negou o pedido de um pai para usar a imagem do Homem-Aranha no túmulo de seu filho, Ollie Jones, que era um grande fã do personagem. O caso aconteceu em Maidstone, no Reino Unido.

Quando o pequeno Ollie morreu de leucodistrofia aos 4 anos de idade, alguém vestido como Homem-Aranha liderou a procissão em seu funeral, e a imagem do super-herói foi colocada em seu caixão. O pai de Ollie, Lloyd, também pediu permissão para usar a figura do popular personagem dos quadrinhos na lápide de seu filho, mas o Conselho de Maidstone disse a Jones que ele teria que pedir permissão para Disney, a dona da Marvel e detentora dos direitos do personagem. Jones conseguiu entrar em contato com a empresa, mas recebeu infelizmente uma recusa.

De acordo com o The Sun, um representante da Disney disse em um comunicado: “Nós estendemos nossas sinceras condolências. Se desempenhamos um pequeno papel na felicidade de Ollie, estamos honrados, gerações de fãs responderam aos nossos personagens com a mesma maravilha e alegria que Ollie, de fato, muitos acreditam que os personagens sejam reais, nós nos esforçamos para preservar a mesma inocência e magia em torno de nossos personagens que trouxeram a Ollie essa alegria, por essa razão, seguimos uma política que começou com o próprio Walt Disney, que não permite o uso de personagens em lápides, cemitérios ou outros marcadores memoriais ou urnas funerárias”, alegou a empresa em nota.

Reagindo à declaração, Jones disse: “Eu realmente não estava esperando por isso – é outro grande golpe, eu tinha certeza que eles permitiriam… Eu acho tudo isso é por causa de dinheiro, o último feriado de Ollie foi na Disneylândia, ele amava o Homem-Aranha e compramos todos os brinquedos para ele, mas agora que ele morreu e não vamos gastar mais dinheiro, eles com certeza não se importam mais com isso.”

A leucodistrofia é uma doença genética que afeta o cérebro e o sistema nervoso, a doença é muitas vezes fatal, e aqueles diagnosticados quando bebês geralmente têm uma expectativa de vida extremamente curta, a irmã do menino Ollie, a Laillah, infelizmente também sofre da condição.

Total de 65 visualizações

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Open chat
1
Olá
Podemos ajudar?